UFC 187 – O melhor card da história?

Não é novidade que os melhores atletas de MMA do mundo estão no UFC (ou ainda estarão). Porém, nem sempre os eventos estão repletos de lutadores renomados ou lutas...
(Foto: Divulgação/ UFC)

(Foto: Divulgação/ UFC)

Não é novidade que os melhores atletas de MMA do mundo estão no UFC (ou ainda estarão). Porém, nem sempre os eventos estão repletos de lutadores renomados ou lutas bem casadas como será o caso do UFC 187 que acontece neste sábado.

E pode-se dizer que o CARD deste sábado já é considerado um dos melhores e mais recheados de estrelas da história da organização, isso porque ainda tivemos baixas pontuais, como o caso do russo Khabib Nurmagomedov, retirado do card por lesão.



Este sábado teremos um evento de encher os olhos até mesmo de quem não é tão “adepto” do MMA.

Começando pelo card preliminar, logo na primeira luta teremos um combate frenético (ao que tudo indica) pela categoria dos pesos mosca (até 57.2kg) entre Justin Scoggins e Josh Sampo, que fizeram uma das encaradas mais tensas na pesagem desta sexta feira.

Depois teremos a estréia dos pesos leves Leo Kuntz e Islam Makhachev, que prometem fazer bonito pra impressionar na primeira aparição no octagon.

(Imagem: Sportv)

(Imagem: Sportv)

Aí a parada começa a ficar mais dura com o combate entre Mike Pyle e Colby Covington pelos meio-médios. Pyle é um lutador experiente e nocauteador nato que vem de derrota para Jordan Mein, e vai tentar “tirar o atraso” contra o invicto Covington, que vem de vitória por finalização contra o brasileiro Wagnão Gomes.

Pela categoria peso-palha feminino teremos o encontro da vice campeã do TUF 20 Rose Namajunas (noiva do lutador Pat Barry) contra Nina Ansaroff, em uma luta que promete ser muito movimentada e na base da trocação. Ambas vêm de derrota, o que torna o combate ainda mais tenso.

Ainda pelo card preliminar, teremos o primeiro brasileiro em ação.  O mineiro Rafael Sapo Natal vai encarar o “Homem Ambulância” Uriah Hall. Um combate de estilos (Hall é da trocação, e Rafael do BJJ) que promete grandes emoções, após ambos quase partirem às vias de fato durante a pesagem, quando Hall empurrou Sapo e quase rolou uma luta antecipada. O combate será válido pela categoria dos médios.

Pelos meio médios teremos o encontro do sul-coreano Dong Hyun Kim e Josh Burkman, em uma luta que tem tudo pra concorrer à luta da noite, por envolver dois lutadores que partem pra cima e aguentam muita pancada. Ambos vêm de derrota, sendo que o coreano perdeu para Tyron Woodley, enquanto Burkman perdeu por pontos para o cubano Hector Lombard, em uma luta que foi alterada para “No Contest” após o cubano ter sido pego no doping.

(Imagem: Getty Images)

(Imagem: Getty Images)

Fechando o card preliminar, teremos o combate entre John Dodson e Zach Makovsky pela categoria peso mosca, em uma luta que pode definir o próximo desafiante ao cinturão de Demetrious Johnson. Dodson tem as mãos mais pesadas da divisão, e vem sendo apontado como o grande favorito do combate. Ele simplesmente já nocauteou o atual campeão peso galo TJ Dillashaw, quando venceu a final do TUF 14 em 2011.

E se um combate entre pesos mosca encerra o card preliminar, outro abre o card principal. Joseph Benavidez encara John Moraga em uma luta que promete ser extremamente movimentada, com leve favoritismo do atleta da Team Alpha Male, Benavidez. Ambos vêm de vitória, e tentam entrar novamente na fila do Title Shot.

E pra compensar a sequência de dois combates entre pesos mosca, teremos logo um combate entre dois dos maiores pesos pesados da divisão. Travis Browne enfrenta Andrei Arlovski, em uma luta que tem tudo pra acabar muito (eu disse MUITO) rápido. Ambos exímios nocauteadores e de mãos pesadíssimas, Browne e Arlovski entram em rota de colisão por um lugar na fila de desafiantes ao cinturão de Cain Velasquez (campeão linear da divisão, enquanto Werdum detém o título interino). Ambos são antigos companheiros de treino na academia Jackson’s MMA, porém a amizade com certeza ficará de lado quando colidirem no octagon.

(Imagem: Getty Images)

(Imagem: Getty Images)

Encerrando a série de lutas que não valem cinturão, Donald Cerrone encara John Makdessi pela categoria dos leves. A luta original seria entre Cerrone e o russo Khabib Nurmagomedov, porém, como já foi dito, Nurma se lesionou e foi substituído de última hora pelo canadense nocauteador John Makdessi, quem vem de vitória por um nocaute avassalador. Ao que tudo indica, caso Cerrone vença, receberá a chance de revanche contra Rafael dos Anjos, dessa vez pelo cinturão.

Nas duas principais lutas da noite, duas disputas de cinturão que valem o ingresso e o Pay Per View.

No co-main event, o fenômeno Vitor Belfort enfim terá a chance de tirar o cinturão do americano Chris Weidman, em uma luta que já foi adiada por três vezes. Favorito na casa de apostas, Weidman tentará se consolidar como um dos maiores da história contra o brasileiro, que teve de passar por um processo de readaptação após o banimento do TRT. Porém, o brasileiro vêm confiante, e após três nocautes seguidos, apesar do tempo parado, quer continuar a sequência de “assassinatos” contra o campeão.

No evento principal, após a saída e perda do cinturão de Jon Jones, teremos uma disputa eletrizante pelo cinturão vago dos meio pesados. Daniel Cormier encara Anthony Johnson em um duelo de rinocerontes, que pode acabar em poucos segundos, como também pode ser uma batalha de cinco rounds insanos.

(Imagem: ESPN)

(Imagem: ESPN)

Se no papel o UFC 187 já pode ser considerado um dos melhores cards de todos os tempos, a expectativa é a de que na prática isso se confirme, e independente de quem saia vencedor, o que se espera é uma noite de lutas espetaculares e memorável na história do UFC.

O UFC 187 será transmitido a partir das 19h00 (de Brasília) deste sábado, exclusivamente no Canal Combate, com reprise das lutas principais na Globo.

 

UFC 187
23 de maio, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL
Peso-meio-pesado (até 93kg): Daniel Cormier   x Anthony Johnson
Peso-médio (até 83,9kg): Chris Weidman x Vitor Belfort
Peso-leve (até 70,8kg)*: Donald Cerrone x John Makdessi
Peso-pesado (até 120,7kg)*: Travis Browne x Andrei Arlovski
Peso-mosca (até 57,2kg)*: Joseph Benavidez  x John Moraga
CARD PRELIMINAR
Peso-mosca (até 57,2kg)*: John Dodson x Zach Makovsky
Peso-meio-médio (até 77,6kg)*: Josh Burkman  x Dong Hyun Kim
Peso-médio (até 84,4kg)*: Uriah Hall  x Rafael Sapo
Peso-palha (até 52,6kg)*: Rose Namajunas  x Nina Ansaroff
Peso-meio-médio (até 77,6kg)*: Mike Pyle x Colby Covington
Peso-leve (até 70,8kg)*: Leo Kuntz  x Islam Makhachev
Peso-mosca (até 57,2kg)*: Josh Sampo x Justin Scoggins

Escrito por Edu Andrade

Siga o Grupo MundoMMA no Facebookhttps://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebookhttps://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
MMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

5 × três =

RELACIONADO POR