Há 22 anos, Royce Gracie se tornou campeão do UFC 2 derrotando 4 lutadores na mesma noite

  O meu primeiro contato com o UFC foi em 1995 (eu tinha 10 anos) e meu pai alugou uma fita VHS com a seguinte capa: The Ultimate Fighting...
Fonte: Zuffa

Fonte: Zuffa

 

O meu primeiro contato com o UFC foi em 1995 (eu tinha 10 anos) e meu pai alugou uma fita VHS com a seguinte capa: The Ultimate Fighting Championship: Shootfighting vs Tae Kwon Do vs Kickboxing vs Jiu Jitsu vs Kung Fu vs Karate.



Eu era apenas uma criança, mas a idéia me pareceu genial. Parecia que estava vendo um filme do Jean-Claude Van Damme, mas de verdade! A luta era em uma ‘jaula’, sem rounds, sem limite de tempo, sem divisões de peso (e sem o limite de 120kg), sem juízes… sem regras!! A luta só acabava com finalização, knockout ou quando o corner jogava a toalha.

Era um evento criado com o objetivo de matar a curiosidade de todos os fãs das artes marciais: descobrir quem era o melhor lutador do mundo…

No dia 11 de março de 1994, aconteceu a histórica segunda edição do UFC em Denver, Colorado. O formato escolhido para o torneio foi parecido com as oitavas de final de um campeonato de futebol, com 16 lutadores lutando no formato mata-mata.

Detalhe: Todas as lutas na mesma noite!

No meio de tantos lutadores (e de tantos estilos diferentes), quem mais chamou atenção foi um brasileiro franzino, que falava inglês, usava kimono e entrava no octógono acompanhado de sua família. Nesse momento, descobrí o que era jiu jitsu, me encantei pela arte suave e vi o nascimento de uma lenda: Royce Gracie.

 

Oitavas de Final:

Nas oitavas de final, Royce Gracie demorou 5 minutos para aplicar um estrangulamento de lapela no faixa preta segundo dan de daido juku Minoki Ichihara:

Clique aqui para ver Royce Gracie vs Minoki Ichihara

Quartas de Final:

Nas quartas de final, a tarefa foi ainda mais fácil para o brasileiro. Royce demorou um pouco mais de 1 minuto para finalizar o norte-americano Jason DeLucia via armlock. O norte americano era um experiente lutador, especialista em kung fu:

Royce Gracie vs Jason DeLucia:

Semi-Final:

Na semi-final, Royce Gracie lutou contra o holandês Remco Pardoel e o que vimos foi mais um fantástico estrangulamento de lapela aos 1:31. Pardoel era um peso-pesado, faixa-preta em judô e taekwondo. A facilidade de Royce em finalizá-lo mostrou a grande superioridade do jiu jitsu:

Clique aqui para ver Royce Gracie vs Remco Pardoel

Final:

Na grande final, o Gracie lutou com o perigoso kickboxer Patrick Smith. Royce, para variar, não tomou conhecimento do adversário e usou a arte suave para conseguir a montada. Quando chegou na posição, deu uma saraivada de socos na cabeça do oponente, forçando-o a desistir:

Clique aqui para ver Royce Gracie vs Patrick Smith

Esse evento entrou para a história como o único no qual um lutador teve que lutar 4 vezes na mesma noite e consagrou Royce Gracie como o grande campeão.

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebookhttps://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Felipe Bassan



Categorias
Jiu JitsuLutasMMAUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

2 × 5 =

RELACIONADO POR