UFC 240: Holloway vs Edgar – Resumo, resultados e bônus

Holloway faz mais uma defesa bem sucedida; Cris aguarda revanche contra Amanda Nunes; Viviane Araújo mostra excelente performance; brasileiros fazem confronto eletrizante e digno de 'luta da noite"; Sarah Frota não consegue passar por Robertson e perde a segunda no UFC
Max Holloway vence Frankie Edgar e mantém cinturão peso-pena no UFC 240 (Foto: Reprodução/ Sports Illustrated)

No sábado, ontem, 27 de junho, foi realizado o UFC 240, em Rogers Place, na cidade de Edmonton, Província de Alberta, Canadá. Na luta principal, Max Holloway colocou seu título do peso-pena em jogo contra o desafiante Frankie Edgar. O ex-campeão peso-leve mostrou a velocidade e preparo físico que já conhecemos, mas não foi o suficiente para parar o campeão. Holloway dominou bem o combate, trabalhou a distância, acertou principalmente bons ‘jabs’ e evitou muito bem a luta agarrada. Na decisão dos juízes, vitória de Max Holloway por decisão unânime (50-45/50-45/48-47). Ele segue agora com 14 vitórias seguidas em sua divisão (a derrota para Poirier foi nos leves). Edgar chegou a sua 3ª derrota em 3 disputas de título nos penas.

Max Holloway trabalhou muito bem os ‘jabs’ no rosto de Frankie Edgar (Foto: Reprodução/ Fansided) – UFC Holloway x Edgar

O evento contou também com a presença de 5 brasileiros. Na luta co-principal, Cris Cyborg voltou ao octógono pela primeira vez após a perda do cinturão peso-pena. A adversária foi a canadense Felicia Spencer. Cyborg foi agressiva e tentou acabar com o combate o tempo todo. Spencer foi perigosa no início da luta, acertou duas boas cotoveladas que abriram um corte na testa da brasileira. A canadense merece muitos aplausos pelo “queixo duro”. Aguentou muita pancada de Cris e levou a luta para a decisão dos juízes. Vitória da atleta da Chute Boxe por decisão unânime (30-27/30-27/30-27), que agora aguarda a revanche contra Amanda Nunes. Felicia saiu de cabeça erguida, mas com a primeira derrota em oito lutas na carreira.



Resultado de imagem para cyborg x spencer

Cyborg maltratou, mas Felicia Spencer não caiu (Foto: Esher Lin/ MMA Fighting) – UFC Holloway x Edgar

Na última luta do card preliminar, Viviane “Vivi” Araújo enfrentou a canadense Alexis Davis. A brasileira sobrou no combate, com muita velocidade e movimentação na trocação. Único momento em que Alexis levou vantagem foi no grappling, quando “Vivi”, por um descuido, acabou indo parar com as costas no chão, no 2º round. No final, vitória de Viviane Araújo por decisão unânime (29-28/29-28/29-28). Agora ela soma duas vitórias em duas lutas na Organização, sendo a primeira no peso-mosca. Com a vitória sobre a #7 da categoria, deve entrar no ranking já numa muito boa posição. Davis chega à terceira derrota seguida e deve descer muitas posições no top ou até mesmo ter que deixar o Ultimate.

Resultado de imagem para viviane araujo x alexis davis

Viviane Araújo deixou Davis com a “lataria amassada” (Foto: Reprodução/ MMA Junkie) – UFC Holloway x Edgar

Um duelo de peso-mosca deixou o público canadense aplaudindo de pé. Os brasileiros Alexandre Pantoja e Deiveson Figueiredo, #3 e #4 respectivamente no ranking da divisão, fizeram uma grande luta. Os dois trocaram muito socos e o público foi à loucura. Deiveson foi mais preciso, acertou muitas cotoveladas, conseguiu um ‘knockdown’ no segundo round e frustrou as tentativas de Pantoja na luta agarrada. Mas o paraense também mostrou “queixo duro” e aguentou algumas boas pancadas. Ao final do duelo, vitória do “deus da guerra” por decisão unânime (30-27/30-27/30-27). Ele pode ser o próximo desafiante do campeão Henry Cejudo. Pantoja tem sua sequência de vitórias interrompida e deve descer no ranking.

Resultado de imagem para viviane araujo x alexis davis

Deiveson Figueiredo x Alexandre Pantoja no grande duelo da noite (Foto: Reprodução/ MMA Junkie) – UFC Holloway x Edgar

A primeira brasileira no card do UFC 240 foi Sarah Frota, que enfrentou Gillian Robertson pela categoria peso-mosca. As lutadoras passaram quase que o combate todo lutando no chão. No primeiro round, Sarah até levou certa vantagem, mesmo jogando por baixo, mas depois acabou sendo dominada e castigada com duras cotoveladas que não demoraram a abrir um corte em seu supercílio. No segundo round, o ‘ground and pound’ carregado de cotoveladas continuou e dessa vez o árbitro interrompeu aos 4:13, dando vitória por nocaute técnico para a canadense. Gillian segue sua boa sequência, somando 4 vitórias em 5 lutas pelo UFC, sendo 3 finalizações e agora 1 nocaute. Por sua vez, Sarah chegou a 2 derrotas em 2 lutas, podendo em breve ter que passar no RH.

Resultado de imagem para sarah frota x gillian robertson

“Chuva de cotoveladas” de Gillian Robertson nocautearam a brasileira Sarah Frota (Foto: Jeff Bottari/ Getty Images) – UFC Holloway x Edgar

MENÇÃO HONROSA

Na terceira luta do card principal, Geoff Neal enfrentou Niko Price pelos meio-médios. A luta foi eletrizante. Após um começo de mais estudos, os dois “saíram na mão” com muita agressividade. Acertaram bons e potentes golpes. Absorveram bem muita pancada, mas também sofreram ‘knockdown’. Por sinal, o ‘knockdown’ foi duplo. Ambos golpearam e foram golpeados ao mesmo tempo e acabaram caindo no chão. Price levou a melhor e conseguiu terminar por cima no 1º round. No segundo round o nível de agressividade foi mantido. Quando foram ao chão, dessa vez Neal ficou por cima e não perdoou o oponente, saindo como vencedor por nocaute técnico aos 2:39 do 2º round. Com a 4ª vitória seguida no UFC, pode entrar no ranking da divisão. Price saiu com a derrota, mas aplaudido de pé pelo show que deu.

Resultado de imagem para geoff neal vs niko price

Geoff Neal fez a postura e deu início ao fim de Niko Price (Foto: Sergei Belski/ USA Today Sports) – UFC Holloway x Edgar

RESULTADOS COMPLETOS

Card Principal

Peso-Pena: Max Holloway venceu Frankie Edgar por decisão unânime (50-45/50-45/48-47);
PesoPena-Feminino: Cris Cyborg venceu Felicia Spencer por decisão unânime (30-27/30-27/30-27);
PesoMeio-Médio: Geoff Neal nocauteou Niko Price as 2:39 do 2º round;
PesoLeve: Arman Tsarukyan venceu Olivier Aubin-Mercier por decisão unânime (29-28/29-28/29-28);
PesoMédio: Krzysztof Jotko venceu Marc-André Barriault por decisão dividida (29-28/28-29/29-28);

Card Preliminar

PesoMosca-Feminino: Viviane Araújo venceu Alexis Davis por decisão unânime (29-28/29-28/29-28);
PesoPena: Hakeem Dawodu nocauteou Yoshinori Hokie aos 4:09 do 3º round;
PesoPena: Gavin Tucker finalizou Seung Woo Choi aos 3:17 do 3º round;
PesoMosca: Deiveson Figueiredo venceu Alexandre Pantoja por decisão unânime (30-27/30-27/30-27);
PesoMosca-Feminino: Gillian Robertson nocauteou Sarah Frota aos 4:13 do 2º round;
PesoMeioMédio: Erik Kock venceu Kyle Stewart por decisão unânime (30-27/29-28/29-28);

BÔNUS

Deiveson Figueiredo x Alexandre Pantoja: US$ 50 mil para cada pela “luta da noite”

Geoff Neal e Hakeem Dawodu – US$ 50 mil para cada pelas “performances da noite”

 

Redação, edição e revisão: Kaio Lima



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

vinte + cinco =

RELACIONADO POR