UFC confirma Velasquez x Ngannou para primeiro evento com transmissão da ESPN

Ex-campeão quer mostrar que ainda tem lenha pra queimar; Ngannou busca uma nova oportunidade pelo cinturão
(Foto: Reprodução)

Após 2 anos e 7 meses, Cain Velasquez vai retornar ao octógono mais famoso do MMA. De acordo com a ESPN, o ex-campeão dos pesos pesados fará a luta principal do UFC on ESPN 1, que será realizado no dia 17 de fevereiro de 2019, na cidade de Phoenix, capital do estado do Arizona. Seu oponente será o camaronês Francis Ngannou, ex-desafiante ao cinturão da categoria.

Cain é considerado um dos melhores lutadores que já passou pelos pesados em todos os tempos. Em 16 lutas na carreira, venceu 14, sendo 12 delas por nocaute e outros 2 por decisão. Dos 12 nocautes, 9 aconteceram no primeiro round. Apesar das duas derrotas no cartel, o maior desafio do ex-campeão tem sido contra as lesões. Após nocautear Júnior Cigano em 19 de outubro de 2013, só retornou ao ‘cage’ após 1 ano e 8 meses, em 14 de junho de 2015, sendo finalizado por Fabrício Werdum e perdendo seu cinturão. Novas contusões o afastaram do octógono por mais 1 ano e 1 mês. No UFC 200, em 9 de julho de 2016, nocauteou Travis Browne. Desde então, permaneceu inativo, muito pelos problemas médicos. Agora, 2 anos e 7 meses depois, como já citado anteriormente, voltará a entrar em ação, enfrentando um oponente que pode ser indigesto.



Francis Ngannou tinha apenas uma derrota em 7 lutas disputadas quando estreou no UFC, no dia 19 de dezembro de 2015. Enfileirou 6 vitórias consecutivas, sendo 5 nocautes e 1 finalização. Em apenas 2 anos e 1 mês de UFC, o camaronês estava frente a frente com o campeão da divisão, Stipe Miocic. Acabou conhecendo sua primeira derrota na Organização, por decisão unânime. Na luta seguinte acabou sendo superado, na decisão unânime, por Derrick Lewis, numa luta apontada por muitos como uma das piores da história, ainda mais pra uma divisão que costuma ser tão animada. Em sua última apresentação, nocauteou, novamente, Curtis Blaydes e se recuperou da má apresentação contra ‘The Black Beast’.

O UFC Phoenix vai ser o primeiro evento do Ultimate a ser transmitido pela ESPN. A emissora acertou um contrato de US$ 1,5 bilhão, cerca de r$ 5,5 bilhões, por 5 anos de contrato. Anteriormente, as transmissões eram feitas pela Fox. Essa mudança vale para os Estados Unidos, não para o Brasil. Por aqui, o canal Combate continua com os direitos de transmissão.



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

sete − 6 =

RELACIONADO POR