UFC Fight Night: Hunt x Pezão! Choque de gigantes na Austrália

Nesta sexta feira, a terra do Canguru erá o palco de uma guerra entre gigantes. A equipe do UFC desembarca em Brisbane na Australia, para realizar a edição de...

Nesta sexta feira, a terra do Canguru erá o palco de uma guerra entre gigantes. A equipe do UFC desembarca em Brisbane na Australia, para realizar a edição de número 33 do UFC Fight Night, que trará em sua luta principal o duelo entre os gigantes pesos pesados Mark Hunt e Antonio Bigfoot Silva. Hunt e Silva verdadeiramente são legítimos pesos pesados e fazem jus a categoria, uma vez que ambos bateram o peso no limite nesta quinta feira. Enquanto Hunt bateu 119kg, Pezão bateu 120kg cravados.

Ambos os lutadores vêm de derrota na organização e buscam recuperação no UFC. Inclusive os dois fizeram suas últimas lutas no mesmo evento, no UFC  160, em maio deste ano. Enquanto Hunt foi derrotado por Junior Cigano, Pezão foi derrotado pelo campeão Cain Velasquez na luta principal da noite. E agora, os dois amigos e companheiros de treino entrarão em rota de colisão na busca por redenção.



mark_hunt_x_pezao_getty

Encarada entre Mark Hunt e Antônio Pezão (Foto: Getty Images)

O card principal ainda receberá mais três lutas envolvendo pesos meio-pesados e pesados. No co-evento principal, Maurício Shogun é outro que busca sua redenção na organização. Com cartel negativo no UFC (5 vitórias e 6 derrotas, sendo a última para Chael Sonnen), o ex-campeão do Pride e do próprio UFC tenta retomar o caminho das vitórias e se reerguer contra o australiano James Te-Huna, que por sua vez vêm de derrota para o atual desafiante ao cinturão, Glover Teixeira. James Te-Huna, que terá a torcida ao seu favor, tenta entrar para o Top 10, e terá em Shogun a oportunidade de sua carreira entre os meio pesados. O lutador australiano tem um cartel de 5-2 no UFC.

Ainda pelo card principal, o americano Ryan Bader é mais um que tenta voltar ao caminho do cinturão contra o lutador local Anthony Perosh. Bader nunca disputou o cinturão, mas já esteve próximo de um title shot por duas vezes, mas foi derrotado em ambas as oportunidades, sendo a primeira contra Jon Jones e a segunda contra  Lyoto Machida. E vindo de derrota para o brasileiro Glover Teixeira em Belo Horizonte, em setembro deste ano, ele sabe que não será uma tarega facil convencer o presidente Dana White a lhe conceder uma oportunidade de título. 

O australiano Anthony Perosh, por sua vez, vêm de vitória com um nocaute relâmpago contra Vinny Magalhães em agosto, no Rio de Janeiro, o lutador busca seu lugar entre os tops da categoria, e Ryan Bader será o seu maior desafio na organização até agora. Outros gigantes que colidirão nesta noite, serão o australiano Soa “The Hulk” Palelei e Pat Barry.

shogun_x_james_te_huna_getty

Encarada entre Shogun e Te Huna (Foto: Getty Images) 

Com um impressionante cartel de 19 vitórias e apenas 3 derrotas, e vindo de 9 vitórias consecutivas, Soa Palelei terá pela frente o perigosíssimo striker Pat Barry. Pat Barry, que por sua vez alterna entre altos e baixos, porém possui um poder de nocaute devastador, é mais um lutador que tenta a recuperação no UFC. O lutador vem de derrota para o amigo Shawn Jordan, e está na corda bamba da organização, devido ao seu cartel irregular. É uma luta que provavelmente não chegará ao final do terceiro round.

Ainda pelo card principal, os meio médios Dylan Andrews e Clint Hester se enfrentarão pelos pesos médios. Ambos foram participantes do TUF 17 – Team Jones x Team Sonnen. Ambos integraram a equipe de Jon Jones na edição. Os dois lutadores vêm de vitória na organização, sendo que Hester bateu Bristol Marunde por nocaute com uma cotovelada, enquanto Andrews vêm de uma vitória incrível por nocaute contra Papi Abedi, em uma luta em que Abedi vencia até a metade do terceiro round.

E abrindo o card principal, a brasileira Bethe Pitbull Correa encara a americana Julie Kedzie pelos pesos galo feminino. Bethe Pitbull fará sua estréia na organização, enquanto Kedzie tenta apagar sua estréia, quando foi derrotada por Germaine De Randamie. O duelo promete ser intenso entre as lutadoras, que não tiveram uma encarada muito amigável na pesagem oficial. Enquanto a brasileira encarava Julie Kedzie, a americana fez cara de deboche. E por mais que a Pitbull não tenha reagido, com certeza guardou uma motivação a mais pra esta noite.

julie_kedzie_x_bethe_correia2_getty

Encarada entre Julie Kedze e Bethe Correia (Foto: Getty Images)

Outros dois brasileiros ainda lutarão no evento desta noite. Enquanto Caio Monstro Magalhães encara Nick Ring, Bruno Carioca fará sua estréia no UFC contra Krzysztof Jotko. As duas lutas serão válidas pela categoria peso-médio, e ambas farão parte do card preliminar. Ainda pelo card preliminar, teremos os duelos entre os pesos galos Takeya Mizugaki e Nam Phan, bem como a luta entre os pesos moscas Richie Vaculik e Justin Scoggins. A luta que abrirá o evento será o combate entre os meio-médios Bem Wall e Alex Garcia.

O UFC Fight Night 33 – Hunt x Pezão, acontece nesta sexta, dia 06 de dezembro, em Brisbane, na Austrália com transmissão ao vivo do Canal Combate, a partir das 21h20.

UFC Fight Night: Hunt x Pezão

Card Principal
Mark Hunt x Antônio Pezão
Maurício Shogun x James Te Huna
Pat Barry x Soa Palelei
Dylan Andrews x Clint Hester
Ryan Bader x Anthony Perosh
Julie Kedzie x Bethe Correa

Card Preliminar

Takeya Mizugaki x Nam Phan 
Nick Ring x Caio Magalhães 
Richie Vaculik x Justin Scoggins 
Bruno Santos x Krysztof Jotko 
Ben Wall x Alex Garcia

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Siga o Nocaute na Rede no Instagram: https://bit.ly/19p66yi

Curta Nossa Página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por: Edu Andrade



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

dez + 4 =

RELACIONADO POR