UFC Long Island: Weidman vs Gastelum – Resumo, resultados e bônus

Evento foi bem animado, contou com boas lutas, e a redenção de um ex campeão

Neste sábado aconteceu o UFC Long Island, que trazia o nova iorquino Chris Weidman enfrentando o jovem californiano Kelvin Gastelum. Além deles, evento contou com duas grandes promessas se enfrentando nos pesos galos, Jimmie Rivera x Thomas Almeida, e ainda os brasileiro Elizeu Capoeira, Rafael Natal, Júnior Albini, Alex Cowboy e Godofredo Pepey. Confira agora o resumo do que de melhor aconteceu nas principais lutas da noite.

Weidman pressionou no katagatame, até que Gastelum não resistiu e deu os 3 tapinhas (Foto: Reprodução)

Na luta principal da noite, duelo entre os pesos médios Chris Weidman x Kelvin Gastelum. O ex campeão da divisão buscava retornar ao caminho das vitórias após sofrer 3 derrotas consecutivas, todas por nocaute. Único susto que ‘All American’ tomou na luta inteira foi no final do 1º round, quando levou um diretão de canhota que o levou a ‘knockdown‘, porém o round já estava próximo do fim, não dando tempo para que Gastelum conseguisse no mínimo castigar mais um pouco o oponente. Nos demais momentos, Weidman conseguia se aproveitar bem de sua vantagem na envergadura para manter a luta à distância, e na menor brecha que surgisse, atacava as pernas do adversário e o levava ao solo. No 1º round, tentou uma kimura, e no segundo buscou as costas, mas em ambas não obteve o sucesso no final. Mas no 3º round não deixou escapar a oportunidade e finalizou Gastelum com um katagatame aos 3:46 do 3º round. Weidman se recuperava das 3 derrotas seguidas, enquanto Gastelum chega a sua 1ª derrota em 4 combates pela categoria dos médios.

Darren Elkins, com seu grappling afiado, conseguiu amarrar Bermudez durante boa parte do 1º round (Foto: Getty Images)

No co-main event da noite, estavam frente a frente os pesos penas Dennis Bermudez x Darren Elkins. O combate foi bem disputado. No 1º round, Elkins construiu a vantagem conseguindo excelentes quedas, dominando no chão, chegando em um momento a conseguir pegar as costas e fechar o cadeado, no entanto Bermudez conseguiu se livrar antes do final, mas não teve muito espaço para tetar conseguir recuperar o round. No 2º e 3º round, Bermudez conseguiu ajustar a defesa de quedas, defendeu algumas entradas do oponente, e assim conseguindo levar o combate em pé, na trocação. O 2º e 3º round foram bem equilibrados, difíceis de pontuar e definir um vencedor. No entanto, ao final, vitória de Darren Elkins por decisão unânime (29-28/28-29/29-28).

(Foto: Reprodução)

Na segunda luta do card principal, Gian Villante x Patrick Cummins se enfrentaram pela categoria meio pesado. No começo da luta, Cummins conseguiu derrubar o oponente uma vez, mais rapidamente Villante levantou. Cummins partiu para uma segunda tentativa, mas dessa vez não arrumou nada. Na sequência, Villante começou a levar a melhor na trocação, acertando 2 ou 3 golpes na cabeça do adversário. No 2º e 3º round, a luta seguiu basicamente o mesmo ritmo, com Cummins praticamente não buscando mais a queda, mantendo o combate na trocação. No entanto, Villante demonstrava mais cansaço, e foi levando desvantagem justamente onde teoricamente seria sua área de vantagem. Patrick Cummins começou a ficar tão à vontade no combate que mandou até uma cotovelada com salto, ao melhor estilo ‘superman punch’. No final, vitória Patrick Cummins por decisão dividida (29-28/29-29/29-28). Com esse resultado, Cummins chega a sua 2ª vitória consecutiva, enquanto Villante segue o caminho inverso, chegando agora a sua 2ª derrota consecutiva, ficando assim com o sinal de alerta ligado.

(Foto: Reprodução)

Na luta de abertura do card principal, o brasileiro Thominhas foi encarar uma pedreira chamada ‘El Terror’ Jimmie Rvera. Os dois começaram se estudando, com Rivera indo pra cima e Thomas se movimentando, girando, buscando os espaços. A trocação seguiu bem, e Rivera conseguiu dar 2 knockdown no brasileiro.m No 2º round, Thomas buscou mais o combate, e assim levou. No 3º, Almeida parecia bem tranquilo, nada de cansaço. No entanto na prática a história era bem diferente. No final, vitória para ‘El Terror ‘ Jimmie Rivera por decisão unânime (30-26/30-27/29-28). Rivera chega a sua 21ª vitória em 22 lutas. Já Thomas, chega a sua 2ª derrota nas últimas 3 lutas.

Resultados Completos do UFC on Fox 25: Weidman vs Gastelum

Card Principal

Médios: Chris Weidman finalizou Kelvin Gastelum com um katagatame aos 3:46 do 3º round;
Penas: Darren Elkins venceu Dennis Bermudez por decisão dividida (29-28/28-29/29-28)
Meio Pesados: Patrick Cummins venceu Gian Villante por decisão dividida (29-28/28-29/20-28);
Galos: Jimmie Rivera derrotou Thomas Almeida por decisão unânime (30-26/30-27/29-28);

Card Preliminar

Meio Médios: Elizeu Capoeira venceu Lyman Good por decisão dividida (30-27/28-29/30-27);
Médios: Eryk Anderson nocauteou Rafael Natal aos 2:54 do 1º round;
Meio Médios: Alex Cowboy nocauteou Ryan LaFlare aos 1:50 do 2º round;
Pesados: Chase Sherman venceu Damian Grabowski por decisão unânime 30-26/30-27/30-27);
Penas: Jeremy Kennedy venceu Kyle Bochniak por decisão unânime (30-37/30-27/29-28);
Galos: Marlon Vera finalizou Brian Kelleher aos 2:18 do 1º round;
Pesados: Júnior Albini nocauteou Timothy Johnson aos 2:51 do 1º round;
Penas: Shane Burgos venceu Godofredo Pepey por decisão unânime (30-26/30-26/29-28);
Leves: Chris Wade venceu Frankie Perez por decisão unânime (29-28/29-28/30-27).

Bônus da Noite:

Elizeu Capoeira x Lyman Good – US$ 50 mil para cada pela “Luta da Noite”;

Júnior Albini e Alex Cowboy – US$ 50 mil cada pelas “Performance da Noite”.



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

8 + 4 =

RELACIONADO POR