Uma Lenda Chamada Royce Gracie

 Filho do lendário e único Hélio Gracie,sobrinho de Carlos Gracie e irmão de nomes como Rorion Gracie,Rickson Gracie, Royce iniciou no jiu jitsu bem novo para seguir o legado...

 royceFilho do lendário e único Hélio Gracie,sobrinho de Carlos Gracie e irmão de nomes como Rorion Gracie,Rickson Gracie, Royce iniciou no jiu jitsu bem novo para seguir o legado do pai. Sua carreira nas faixas coloridas não foi muito documentada e o Gracie poucas vezes apareceu nas competições de faixa preta.

Royce vivenciou a primeira rivalidade real do Jiu Jitsu,que foi quando Oswaldo Fadda botou as asas de fora e desafiou o nível do jiu jitsu dos Gracie. A então conhecida rixa dos Gracie contra os Fadda foi algo que ficou marcado na história da arte suave porém com a família de Hélio prevalecendo.



O estouro de Royce foi quando sua família decidiu criar o ,então hoje,mundialmente conhecido Ultimate Fighting Championship,mais conhecido como UFC. Que de início era pra “provar”qual arte marcial era mais sobressalente. Então ,Royce foi escolhido para o desafio que inicialmente tinha o formato de GP,obrigando os lutadores a fazerem de 3 a 4 lutas por noite. Outro detalhe era que não tinha divisão de categoria e nem limite de peso,então o Gracie com seus pouco mais de 70 kg enfrentava caras muito maiores e mesmo assim era dominante sobre os mesmos, difundindo mais ainda o Jiu Jitsu no mundo.

Royce se manteve Invicto até a quinta edição do UFC que onde Ken Shamrock foi,até,então o único a não ser derrotado pelas técnicas mortais do Gracie com a luta terminando em empate. O resultado acabou sendo frustrante pois os Gracie não concordaram com as regras novas que consistiam em ter tempo cronometrado de luta. Tal fato se deu pela luta no UFC 1 entre Royce Gracie e Dan Severn que durou mais tempo que o contrato de TV permitia ao ponto que,os dois minutos finais de luta não foram mostrados e assim forçando o tempo limitado. Ainda sem concordar,Rorion e o restante de sua família abandonaram o UFC o vendendo por 1 milhão de dólares para os irmãos Fertitta que logo depois viria a coroar Dana White como presidente,cargo que ostenta até hoje.

Passado alguns anos Royce voltou aos ringues,mas dessa vez no extinto PRIDE,e até começou bem vencendo o japonês Nobuhiko Takada,mas na sua luta seguinte conheceria sua primeira derrota na carreira para o maior ídolo da história do Japão no esporte ,Kazushi Sakuraba. E depois de empatar com Hide em sua luta seguinte o primeiro campeão do UFC migrou para o K1-Dynamite onde vence o Gigante Akebono e empatou com Hideo Tokoro.

Já com seu nome consolidado na história do esporte e já integrante do Hall da Fama do UFC,Royce voltou a suas origens e enfrentou Matt Hughes pelo cinturão dos meio médios,mas acabou sendo dominado e derrotado pelo campeão. Descontente com o tratamento,o Gracie voltou ao K1-Dynamite para a revanche contra seu primeiro algoz na carreira e dessa vez vencendo e lavando a alma contra Sakuraba.

Aos 49 anos ,Royce Gracie voltará aos ringues no dia 19 de Fevereiro de 2016 para fechar uma trilogia com seu eterno rival Ken Shamrock. A luta será válida pelo Bellator 149.

E dia 12 de Dezembro é aniversário dessa lenda que inspirou e inspira muita gente a seguir o caminho dos esportes. A Equipe Nocaute na Rede deseja todas as felicidades e o nosso mais sincero e humilde OSS.

 Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Por:Nickolas Lyra Rodrigues



Categorias
AniversáriosEspeciaisJiu JitsuLutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

nove − 3 =

RELACIONADO POR