Urijah Faber completa hoje 36 anos

No dia 14 de maio de 1976, nasceu um garoto que viria a ser um dos grandes lutadores de um esporte que viria a se chamar MMA. Na vida,...

No dia 14 de maio de 1976, nasceu um garoto que viria a ser um dos grandes lutadores de um esporte que viria a se chamar MMA. Na vida, batizado como Urijah Faber, no MMA, ‘the california kid’.

Começou a se envolver com artes marciais quando estava na 8ª série, treinando wrestling. Em 2003, era também treinador de wrestling na faculdade. Após concluir a faculdade de bacharel em Ciências, na Universidade da Califórnia, começou a treinar MMA.



No mesmo ano de 2003, fez sua primeira luta como profissional de MMA, vencendo por finalização (guilhotina). Daí pra frente, a carreira de Faber desclanchou.

Rapidamente tornou-se campeão peso galo do ‘King of the Cage’ (KOTC) e ainda defendeu o cinturão de forma bem sucedida por 4 vezes. Anos mais tarde foi também campeão peso pena do ‘World Extreme Cagefighting’ (WEC) e defendeu o cinturão em mais 5 oportunidades.

Em 19 de março de 2011, fez sua estréia no UFC,  já de volta a categoria peso galo, com vitória por decisão unânime pra cima de Eddie Wineland. Posteriormente, Faber já veio a disputar o título dos galos em três oportunidades, sendo duas pelo cinturão linear e mais uma pelo cinturão interino.

Uma curiosidade sobre ‘the california kid’ é que desde que se tornou profissional de MMA, ele nunca perdeu uma luta em que o cinturão não estivesse em jogo. Tyson Griffin (pelo cinturão peso leve do ‘Gladiator Challenge’), Mike Brown (pelo cinturão peso pena do WEC) por duas vezes, José Aldo (pelo cinturão peso pena do WEC), Dominick Cruz (pelo cinturão peso galo do UFC), Renan Barão (pelo cinturão peso galo do UFC) por duas vezes, esses foram os lutadores que já superaram Urijah Faber.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Sherdog)

O atleta da ‘Team Alpha Male’ já ganhou o prêmio de “Melhor finalização de 2013 (por finalizar Ivan Menjivar no UFC 157: Rousey vs Carmouche), no ‘World MMA Awards’. O lutador também pode se orgulhar de ter sido o único até hoje, em 21 combates, que já conseguiu derrotar Dominick Cruz, considerado por muitos, mesmo sem estar hoje com o cinturão, como o melhor peso galo do mundo há um bom tempo. A vitória, para ficar melhor ainda, foi por finalização. 

Hoje, aos 36 anos, Faber possui um extenso e vitorioso cartel, com 39 lutas, 32 vitórias (7 nocautes, 19 finalizações, 5 por decisão e 1 por desqualificação) e 7 derrotas (3 nocautes e 4 por decisão).

‘The california kid’ estará em ação daqui há dois dias, no UFC Fight Night Manilla, onde lutará contra Frankie Edgar no main event.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Kaio Teixeira Lima



Categorias
EspeciaisMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede, sonha em seguir carreira na área esportiva; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral (principalmente MMA, futebol e basquete); Praticante de MMA e muay thai;
Sem Comentários

Responder

*

*

4 × 3 =

RELACIONADO POR