Usman sobre divisão meio-médio do UFC: “Não tem ninguém que se destaca”

Campeão do peso-meio-médio declarou não ver adversários que se destaquem em sua categoria
Usman afirma que ninguém se destaca no peso-meio-médio do UFC (Reprodução/Instagram @usman84kgK)

Kamaru Usman não vê rivais que representem perigo ao seu reinado no UFC. O detentor do cinturão peso-meio-médio (77 kg) enfrenta Gilbert ‘Durinho’ no UFC 258, no dia 13 de fevereira, e declarou que, além da luta com o brasileiro, não há confrontos relevantes para a disputa do título na organização.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o nigeriano ressaltou a escassez de um futuro candidato para desafiá-lo na sequência de seu combate com ‘Durinho’, caso mantenha o cinturão. “Nenhum deles realmente estourou tipo: ‘Esse cara é o próximo para mim’. Então, eles estão meio que naquela gordura e naquele cenário onde eles estão basicamente tentando se tornar o próximo cara na fila. Neste momento, meu foco está no Gilbert Burns. Ele falou que essa é a luta que ele quer. Ele acredita que é esse cara, então todo o meu foco está nele. Neste momento, eu não vejo nada após fazer o meu trabalho contra ele. Mas depois disso, não tem ninguém que realmente se destaca”, declarou o lutador.



Ainda na entrevista, Usman opinou que os novos lutadores do UFC podem se tornar desafiantes ao título algum dia. “Eu sei que (Colby) Covington e (Jorge) Masvidal estão meio que competindo juntos onde alguém vai lá e faz algo espetacular, o cara poderia ser o próximo. Ou (Leon) Edwards e (Khamzat) Chimaev – alguém faça algo espetacular lá, ele pode ser o próximo cara. Claro, eu estou prestando atenção, mas ninguém realmente se destacou como o próximo cara”, completou.



Categorias
Lutas
Sem Comentários

Responder

*

*

dezoito − três =

RELACIONADO POR