Weldon Carvão vence Leonardo Baiano na luta principal do JPA Fight Combat, que contou com disputas de cinturão!

A quarta edição do JPA Fight foi um verdadeiro show e quem compareceu ao Bandeirantes Tênis Clube, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro (RJ), no último sábado (16), foi premiado...

A quarta edição do JPA Fight foi um verdadeiro show e quem compareceu ao Bandeirantes Tênis Clube, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro (RJ), no último sábado (16), foi premiado com grandes lutas. Como todos os combates do card principal valiam cinturão os atletas deram tudo de si e somente um duelo foi para a decisão dos jurados. Na luta principal do evento Weldon Carvão finalizou Leonardo Baiano.

Após muita rivalidade e uma encarada tensa no dia da pesagem, Weldon Carvão e Leonardo Baiano entraram no cage para tirar as diferenças. Logo no início do combate Carvão foi para cima e buscou as pernas de Baiano levando a luta para o chão. Carvão se manteve por cima até encontrar uma brecha e conseguir encaixar um mata leão obrigando Baiano a dar os três tapinhas.



“Quero agradecer ao Baiano, minha família que estava toda aqui, meu clube de moto, o Mestre Gota e todo mundo que me apoiou. Eu treino tudo, boxe, Muay Thai e graças a Deus deu tudo certo. Eu estou aí, eu sou um leão velho, mas eu sou um leão, é WCT na veia” disse.

unnamed

Silvio Pantera nocauteia Wallace Sagat

A co luta principal do evento foi um show de trocação. O combate começou com os dois atletas buscando resolver o combate em pé e ambos conseguiram conectar bons golpes, mas foi a mão de Pantera que entrou mais forte. Silvio Pantera conectou um belo soco e derrubou Sagat, que não levantou mais. 

“Gostaria de agradecer ao meu adversário, aos meus alunos, meus amigos que vieram me ver, minha esposa, meus filhos que estão aí, agradeço a todo mundo que veio me ver aí e ao Serginho, que me chamou para lutar no evento dele” disse.

Maximiliano Monstro vence Édson “Hellboy” Camacho por nocaute técnico

No duelo pelo cinturão dos pesados Maximiliano Monstro levou a melhor sobre Édson “Hellboy” Camacho. O combate começou eletrizante com os dois lutadores indo para cima. Camacho tentou levar o combate para o chão, mas Monstro conseguiu se defender. Em pé os dois lutadores conectaram golpes duros, digno de um duelo de pesados, mas foi a mão de Maximiliano Monstro que entrou mais forte e no início do segundo round ele acertou um belo soco conseguindo um knockdown. No chão Monstro ainda aplicou mais alguns golpes até o árbitro interromper o combate.

“Foi um adversário muito duro, realmente eu esperava que fosse dessa forma, só que eu confio no treinamento que meu mestre me dá, meus amigos que estão comigo todos os dias no treino, família, amigos, então eu sabia que quando eu tivesse aqui não estaria sozinho, ia ser eu e toda a essa galera que veio me apoiar contra ele e agradeço por ter conquistado esse cinturão da maneira dura que foi” disse.

Nas demais disputas de cinturão somente o combate entre Reinaldo “Mudo” Teixeira e Alex “Kim” Oliveira foi para a decisão dos árbitros laterais, onde Mudo levou a melhor sobre Alex por decisão unânime. Em um combate eletrizante, Jefferson “JF” Costa levou a melhor e finalizou Weverton Cegonha, outro responsável por finalização foi Átila Cara de Pedra que conseguiu fazer Washington Embaçado dar os três tapinhas de desistência ao aplicar um armlock com um pouco mais de três minutos de luta. Na luta que abriu o card principal Alexandre Leko venceu Rodrigo Buiú por nocaute técnico.

Finalizações marcaram o card preliminar

Mesmo não valendo cinturão, as lutas do card preliminar tiveram o mesmo nível das principais, já que dos três confrontos, dois terminaram com finalização. O primeiro atleta que obrigou o adversário a dar os três tapinhas foi Washington Silva que finalizou José Carlos “Tico” no terceiro round. Fábio Veridiano levou menos tempo e fechou o combate contra Gabriel Barreiro no primeiro round. Florisbergue Júnior levou a melhor sobre Mário Cesar por decisão unânime no único combate que foi para as mãos dos árbitros laterais.

Lutas amadoras abriram a noite

Os combates de MMA amador abriram a noite de lutas e os destaques foram as finalizações de Felipe Gomes sobre Sérgio Maison, Felipe Pezão sobre Marcos Paulo e Igor Queixinho sobre Rodolfo Reno.

Confira os resultados do JPA Fight

CARD PRINCIPAL

Até 88 kg – Weldon Carvão (WCT Gota) finalizou Leonardo Baiano (Caçadores) no 1º round
Até 77 kg – Silvio Pantera (Vitória/XGym) venceu Wallace Sagat (PRVT) por nocaute no 1º round
Até 120kg – Maximiliano Monstro venceu Édson “Hellboy” Camacho por nocaute técnico no 2º round
Até 70 kg – Reinaldo “Mudo” Teixeira (War Machine/Mangueira Team) venceu Alex “Kim” Oliveira (WCT Gota) por decisão unânime
Até 66 kg – Jefferson “JF” Costa (WCT Gota) finalizou Weverton “Cegonha” Silva (Merck Fight Combat) no 1º round
Até 61 kg – Átila “Cara de Pedra” Lourenço (TFT) finalizou Washington “Embaçado” Luis (Vitória) no 1º round
Até 57 kg – Alexandre “Leko” Ferreira venceu Rodrigo “Buiú” Xavier (Rizzo RVT/Laerte Barcelos) por nocaute técnico no 2º round

CARD PRELIMINAR

Até 77 kg – Gabriel Barreiro (Caverna Team) finalizou Fábio Veridiano (War Machine/Mangueira Team) no 1º round
Até 70 kg – Florisbergue Júnior (J.Soares Team) venceu Mário César (Merck Fight Combat) por decisão unânime
Até 57 kg – Washington Silva (Rizzo RVT/Laerte Barcelos) finalizou José Carlos “Tico” (Merck Fight Combat) no 3º round

CARD AMADOR

Até 84 kg – Lucas Bispo (Infight LPV) venceu Anderson Carcaça (PRVT) por decisão unânime
Até 77 kg – Felipe Savat (GFTeam Recreio) venceu Jefferson “Sargento” Oliveira (PRVT) por decisão unânime
Até 70 kg – Igor Queixinho (GFTeam Recreio) finalizou Rodolfo Reno (Merck Fight Combat) no 2º round
Até 70 kg – Felipe Pezão (Merck Fight Combat) finalizou Marcos Paulo (Team Nogueira Nova Iguaçu)
Até 57 kg – Felipe “Todinho” Gomes (CHB) finalizou Sérgio Maison (PRVT) no 1º round

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA Nacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Um Comentário
  • Calendário MMA | Nocaute na Rede
    19 junho 2015 at 12:13
    Responder

    […] do Sul/RS – Brasil) 16/05 – Resultados: Noxii Combat (Joinville/SC) 16/05 – Resultados: JPA Fight Combat (Jacarepaguá/Rio de Janeiro) 17/05 – Resultados: Norte Leste Fight 3 (Manaus) 17/05 – Resultados: Shooto Brasil 54 […]

  • Responder

    *

    *

    11 − onze =

    RELACIONADO POR