Werdum esculacha McGregor, desafia Rockhold e cogita luta com Jon Jones

Não é de hoje que todo mundo já conhece o estilo provocador e do campeão peso pesado do UFC, Fabrício Werdum. Dessa vez ele abriu o verbo pra cima...

Não é de hoje que todo mundo já conhece o estilo provocador e do campeão peso pesado do UFC, Fabrício Werdum. Dessa vez ele abriu o verbo pra cima dos campeões peso pena e médio, Conor McGregor e Luke Rockhold, e ainda comentou sobre um possível combate com Jon Jones.

(Foto: Reprodução/ UOL)

(Foto: Reprodução/ UOL)

Em entrevista ao “Combate.com” diretamente de Las Vegas, “vai cavalo” comentou sobre o episódio em que McGregor pegou o cinturão do então campeão na época, José Aldo Jr, dizendo que caso o irlandês fizesse isso com ele, partiria para cima de ‘the notorious’ e daria até uma “rapa” em Dana White caso este quisesse impedí-lo de fazer algo.



(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

“Não quero, por exemplo, que aconteça de estarmos no mesmo ambiente, ele falar alguma coisa ou tentar me agredir, que eu não sou de ficar quieto. Não vou lá provocar, mas se ele me provocar, vou dar uma cadeirada nele mesmo. Vou dar cadeirada, quebrar tudo. Se acontece comigo de ele roubar meu cinturão, eu ia quebrar tudo. Ia dar um “rapa” no Dana White primeiro, de maloqueiro mesmo, fazer alguma coisa. Ia fazer o louco. Quando acontece uma encarada, você não pode tocar no teu oponente. Já está numa tensão muito grande e o cara te toca? Eu acho que o Conor McGregor começou bem e agora está passando um pouco, está demais. Fala muita besteira, falou de Jesus. No começo estava bem, mas agora está como palhaço mesmo. Acho que ele é um bom lutador, mas no Brasil se chama diferente, se chama de prostituta, porque ele aceita tudo por dinheiro. Ele se vende. Claro que é importante lutar por dinheiro, mas ele vende tudo. Se duvidar vende até o… Eu não vendo o meu (risos)”, cutucou Werdum.

O brasileiro ainda comentou sobre o fato de o UFC permitir que Conor subisse para disputar o cinturão de categoria de cima, mas não tivesse que abandonar o seu.

“Isso que não acho legal. Ele subir de categoria e não perder o cinturão. Acho que se os outros puderem fazer também, tudo bem. Direitos iguais. Por que ele tem essa vantagem de poder lutar em outras categorias? Se ele vem me desafiar, falo para a gente fazer o seguinte: só vou fazer jiu-jítsu e tapa na cara. Que nem antigamente. Mas vou encher ele de tapas”, desafiou “vai cavalo”.

Outro a quem Werdum não tem muita afeição é ao campeão peso médio Luke Rockhold. Luke já chegou até a dizer que lutaria com Fabrício. O brasileiro, por outro lado, sempre respondeu com zoando o lutador da AKA.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

“O Cockyhold (cocky, na língua inglesa, significa convencido)? Pode subir. Se ele quiser fazer uma luta casada, beleza. Não vou baixar muito meu peso para lutar com o Cockyhold. Mas se ele subir para o peso pesado ou ficar no meio, com 110kg, 108kg, luto com ele. É outro que vou encher de tapa na cara também”.

Para finalizar, Fabrício falou sobre uma possível superluta Jon Jones. O ex campeão dos meio pesados já comentou algumas vezes que subirá para os pesos pesados em breve. Enquanto isso, “vai cavalo” declarou que gostaria de recepcionar Jones na nova categoria. 

(Foto: Reprodução/ SporTV Combate)

(Foto: Reprodução/ SporTV Combate)

“Jon Jones sempre digo que é peso-pesado. Ele tem a minha altura e, quando não está treinando, está com 105kg, 108kg. Sempre achei ele um peso-pesado que baixa de peso. Acho uma grande luta. Tenho que olhar para o Miocic primeiro e depois pensar em uma superluta com o Jon Jones. Tem o UFC 200, mas não quero falar nisso agora. Aconteceu com outros lutadores de falarem que o Werdum não é o grande campeão, falar não sei o quê, e perdeu. Outro também falou, perdeu também. Aí o terceiro falou, perdeu também. N quero cometer o mesmo erro. Primeiro a minha luta e depois penso no Jon Jones”.

Antes de se enfrentarem, Jon Jones e Fabrício Werdum possuem compromissos marcados. No UFC 197, ‘bones’ faz a luta principal do evento. Ele enfrenta o atual campeão Daniel Cormier, buscando recuperar o cinturão perdido em 2015. Werdum estará presente na luta principal do UFC 198,defendendo seu cinturão contra Stipe Miocic.

 Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

dezenove − dezessete =

RELACIONADO POR