WGP #31: Felipe Micheletti vence paraguaio Carlos Meza e é o novo campeão peso-pesado

Sorocabano não dá chances ao adversário e fatura cinturão na decisão unânime; Wellington Uega leva Challenger GP dos super-médios e é o próximo desafiante ao título. Reconhecida como um...

Sorocabano não dá chances ao adversário e fatura cinturão na decisão unânime; Wellington Uega leva Challenger GP dos super-médios e é o próximo desafiante ao título.

Reconhecida como um verdadeiro celeiro de talentos no kickboxing, a cidade de Piracicaba, no interior de São Paulo, recebeu neste sábado, dia 2 de julho, a 31ª edição do WGP Kickboxing. E não faltaram emoções ao público presente no ginásio. Na luta principal, Felipe Micheletti venceu o paraguaio Carlos Meza na decisão unânime e se tornou o novo campeão dos pesados (até 94kg). O Challenger GP dos super-médios (até 78kg) coroou Wellington Uega, que venceu Fernando Nonato na final e se credenciou para a disputa pelo cinturão da divisão, diante de Diego Gaúcho.



Wellington Uega superou Fernando Nonato na final e faturou o GP até 78kg

Wellington Uega superou Fernando Nonato na final e faturou o GP até 78kg

O evento contou com outros 10 combates, com destaque para o nocaute relâmpago sofrido por Gustavo Piacentini e a estreia com vitória no evento da experiente Julie Werner. A próxima edição do WGP acontece já no próximo dia 16 de julho, em Lauro de Freitas, na Bahia. Entre os duelos confirmados estão a disputa do cinturão peso-meio-médio (até 71,8kg) entre Ravy Brunow e Bruno Gazani e o duelo entre a capixaba Barbara Nepomuceno e a chilena Aylin Sobrino, também valendo o cinturão do WGP.

Felipe Micheletti não dá chances a paraguaio e sagra-se campeão dos pesados

No principal combate do WGP #31, o sorocabano Felipe Micheletti estava em casa no ginásio do XV de Piracicaba. Com cerca de 100km separando as duas cidades, a torcida de Micheletti compareceu em peso ao evento e empurrou o lutador. E Felipe não teve moleza diante de Meza. Demonstrando muita técnica, o paraguaio ofereceu resistência aos potentes golpes encaixados pelo brasileiro, em especial os chutes altos. Mas a partir do terceiro assalto acusou cansaço e viu Micheletti dominar a luta, com diversas sequências de golpes conectadas, que por pouco não terminaram o duelo.

No final dos cinco rounds, vitória clara para Felipe Micheletti, que manteve o controle da luta durante os 15 minutos e é o novo campeão peso-pesado da organização. “Estou muito feliz pelo resultado e quero agradecer ao apoio de todos que estão sempre do meu lado e que vieram aqui hoje. São muitas pessoas que me ajudam no dia a dia, cuidando de cada parte do meu corpo e mente e eles são fundamentais nessa conquista. O Carlos foi um adversário muito duro e vendeu caro a derrota. Agora é comemorar e se preparar para defender esse cinturão. O próximo passo é conquistar o mundo”, festejou Micheletti.

Wellington Uega fatura GP e é o novo desafiante ao cinturão dos super-médios

Os duelos do Challenger GP dos super-médios (até 78kg), que definiu o próximo desafiante ao cinturão do campeão Diego Gaúcho, começaram de forma espetacular. Na primeira semifinal, entre Fernando Nonato e Diego Sebastião, o público viu um show do carioca. Nonato venceu por nocaute após um início fulminante que começou com uma linda joelhada voadora e terminou com um cruzado devastador, levando Sebastião apagado à lona. Do outro lado da chave, Thiago Golden Boy e Wellington Uega protagonizaram um embate muito disputado, com Uega levando a melhor após os três rounds e vencendo na decisão dividida.

Na grande final, Fernando Nonato e Wellington Uega começaram se estudando muito e o primeiro round terminou muito equilibrado. No segundo, o carioca conectou os melhores golpes e levou a melhor em cima de um Uega mais desgastado. No assalto derradeiro, Uega superou o cansaço e melhorou no duelo, sagrando-se vencedor por decisão dividida dos juízes. O gaúcho é o próximo adversário do campeão Diego Gaucho.

Piá sofre nocaute relâmpago, Werner estreia no evento com vitória e Alex Oller supera xará

Em um dos combates mais esperados da noite, os xarás Alex Oller e Alex Canguru fizeram uma luta recheada de experiência. Com mais de cem duelos somados na carreira, os dois atletas demonstraram muita técnica em uma luta franca durantes os três rounds. No final, melhor para Oller, que venceu por decisão unânime. Um dos anfitriões da noite, Gustavo Piacentini foi surpreendido pelo boliviano Renzo Martinez. Piá, que entrou vestido com a camisa do XV de Piracicaba, clube de futebol local, sofreu um nocaute avassalador com um lindo chute alto em apenas vinte segundos de luta.

Na luta feminina mais aguardada da noite, Julie Werner e Cristmi Páfaro fizeram jus às expectativas. Com bons momentos para ambas, melhor para Julie. Mesmo lutando em casa e muito festejada, Páfaro viu a catarinense superá-la os três rounds e vencer por decisão unânime. Os atletas locais que fizeram a festa do público foram o chileno radicado em Piracicaba, Felipe Artilheiro, e a estreante Elaine Lopes. O primeiro fez um duelo disputado diante de Fernando Pato, e saiu vencedor na decisão dividida dos juízes. Já Elaine encarou Pâmela Mara e teve menos dificuldades para se sagrar ganhadora de forma unânime.

Nas lutas iniciais Valdenir Kakaroto e Maycon Oller despacharam Morramad Araújo e Alisson de Angelis, respectivamente, na decisão dividida. Também representantes de Piracicaba, Rodolfo Cavalo, Jhonatan Teodoro e Isaias Silva foram os demais vencedores da noite.

WGP #31: Resultados oficiais

Felipe Micheletti venceu Carlos ‘Cliford’ Meza por decisão unânime dos juízes
Wellington Uega venceu Fernando Nonato por decisão dividida
Alex Oller venceu Alex Sandro ‘Canguru’ por decisão unânime dos juízes
Renzo Martinez venceu Gustavo Piacentini por nocaute aos 22seg do primeiro round
Julie Werner venceu Cristmi Páfaro por decisão unânime dos juízes
Wellington Uega venceu Thiago ‘Golden Boy’ Conceição por decisão dividida
Fernando Nonato venceu Diego Sebastião por nocaute com 1min do primeiro round
Maycon Oller venceu Alisson De Angellis por decisão dividida
Valdenir ‘Kakaroto’ venceu Morramad Araújo por decisão dividida
Felipe ‘Artilheiro’ Bocaz venceu Fernando Pato por decisão dividida
Elaine Lopes venceu Pâmela Mara por decisão unânime dos juízes
Rodolfo ‘Cavalo’ venceu Kleber Henrique por decisão unânime dos juízes
Jhonatan Teodoro venceu Fabio Lopes por nocaute no primeiro round
Isaias Silva venceu Maycon Barreto por decisão unânime dos juízes

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
WGP Kickboxing

27 anos, gaúcho, bacharel em administração.
Sem Comentários

Responder

*

*

catorze − sete =

RELACIONADO POR