Yan Cabral estreia com vitória entre os leves e sonha com luta contra McGregor

A estreia de Yan Cabral na categoria peso-leve (até 70,8kg) não poderia ser melhor. Diante da torcida do Maracanãzinho, no UFC 179, no Rio de Janeiro, o atleta da...

A estreia de Yan Cabral na categoria peso-leve (até 70,8kg) não poderia ser melhor. Diante da torcida do Maracanãzinho, no UFC 179, no Rio de Janeiro, o atleta da Nova União finalizou o japonês Naoyuki Kotani com um mata-leão aos 3min06seg do segundo round. O triunfo foi o 12º da carreira de Cabral, o 11º por finalização, e o segundo no octógono. Bem fisicamente e sem lesões, ele se coloca à disposição para entrar em ação novamente, e sonha com um combate contra o polêmico Conor McGregor, tanto entre os penas (até 66,2kg) quanto entre os leves.

- Yan Cabral x Naoyuki Kotani -  - 0 -  -  -  - www.inovafoto.com.br - id:80686

(Foto: William Lucas / Inovafoto)

“Cheguei agora na categoria até 70kg e meu objetivo é treinar, melhorar e lutar contra os melhores. Pouco a pouco, vou chegar às cabeças. Tem um cara que quero enfrentar, que vem falando muito, inclusive sobre o José Aldo, e acho que é um ‘Zé mané’, que é o McGregor. Ele luta até 66kg, mas já pensou em se aventurar até 70kg, e eu também já pensei em descer de categoria. Um dia, quero dar umas porradas nele”, disparou ao falar com a imprensa após a luta.



Como essa luta ainda é uma possibilidade muito distante, Yan Cabral torce para que o UFC escolha alguém da Nova União para enfrentar Conor McGregor. “Lá na academia tem uns dez lutadores de 66kg que poderiam bater nele. Até ele chegar no Aldo, tem muita gente para bater nele. Caras como o Hacran Dias que, se pegá-lo, mata”, afirma.

Um dos principais especialistas em jiu-jitsu do UFC, Yan Cabral recorreu à arte-suave para alcançar sua segunda vitória em três lutas no UFC. Após derrubar Kotani, pegou as costas do adversário e aplicou um justo mata-leão. Seu objetivo agora é treinar ainda mais o boxe e mostrar o quanto antes no octógono sua evolução.

“Venho treinando muito boxe com o Alex Cardoso. Tentei achar a distância no primeiro round, não consegui soltar o jogo, mas isso é normal e aos poucos vou me soltando mais e melhorando. Se o UFC me arrumar uma luta para o mês que vem, ou para o UFC em Barueri (dia 20 de dezembro), (aceito) na hora. Não tive lesão, estou bem fisicamente e pronto para treinar”, conclui.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Patrocinador



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

4 × dois =

RELACIONADO POR