Através de seu podcast, Michael Bisping anuncia aposentadoria do MMA

Através de seu podcast, Michael Bisping anuncia aposentadoria do MMA

Inglês construiu um grande legado, além de ser uma prova viva de que realmente o trabalho duro recompensa

Aos 39 anos e após pouco mais de 14 anos dedicados ao MMA, o inglês Michael ‘The Count’ Bisping aposentou-se do MMA. O lutador aproveitou seu podcast chamado “Believe You Me” para anunciar a decisão.

“Então, obviamente, brinquei com isso por um longo tempo, poderia lutar de novo, não poderia. E infelizmente não é uma luta que estou anunciando. Vou anunciar minha aposentadoria oficial das artes marciais mistas”, revelou.

Bisping sendo nocauteado por Vitor Belfort (Foto: Luiz Fernando Menezes)

Em 2013, numa luta contra Vitor Belfort, foi acertado por um chute no olho e acabou sendo nocauteado. O chute do brasileiro deslocou a retina do olho direito de Bisping. Em sua última luta, em novembro de 2017, quando foi nocauteado por Kelvin Gastelum, o ex-campeão acabou sentindo incômodo agora no olho esquerdo. Os médicos analisaram e constataram um descolamento do vitro do olho esquerdo, o que deixa em risco a retina deslocada no olho direito.

Bisping sendo nocauteado por Kelvin Gastelum (Foto: Reprodução)

No último domingo, 27, Bisping contou que assistiu um filme chamado “Journeyman”, no qual se passa a história de um pugilista que sofre com problemas físicos e mentais no fim de sua carreira. O filme foi fundamental para ajudá-lo nessa decisão. Bisping ainda agradeceu a esposa, filhos, pais e todos aqueles que torceram por ele.

“Estava assistindo esse filme ontem à noite e pensei: não vale a pena. Não vale a pena. Quero dizer, o que mais vou fazer? Ganhei o cinturão, conquistei muitas vitórias. Qual é o objetivo de açoitar um cavalo morto? Não que eu seja um cavalo morto, mas qual é o objetivo? Você precisa saber quando se afastar. Tenho quase 40 anos, a hora é agora. Quero dizer, antes de mais nada, obrigada à minha esposa. Sem ela, não teria acontecido. Isso é um fato. Ela foi incrível a cada passo do caminho. Meus filhos. Meu pai. Meu pai foi incrível. E claro, todos no Reino Unido e em todo o mundo que me apoiaram”.

Michael Bisping começou a carreira em 2004, foi campeão meio-pesado do Cage Warriors, tradicional evento europeu de MMA, fez uma defesa bem-sucedida, vagou o cinturão, lutou em outra Organização, voltou ao Cage Warriors e novamente foi campeão dos meio-pesados, defendeu bem-sucedidamente em três oportunidades. Após construir um cartel 10-0, foi chamado para o TUF 3 e se tornou campeão do reality show na categoria dos meio-pesados. 

Em 2016, após 10 anos de UFC, Bisping finalmente pode sentir o gostinho de se tornar campeão da maior Organização de MMA do planeta. Após lesão de Weidman, o inglês foi chamado de última hora pra fazer uma revanche contra o campeão Luke Rockhold, que já havia finalizado-o cerca de dois anos antes. Dessa vez ‘The Count’ saiu vencedor. Nocauteou Luke aos 3:36 do 1º round e finalmente colocou na cintura seu maior objetivo, o cinturão do UFC.

Rockhold sente soco de Bisping no queixo. O inglês saiu como novo campeão peso-médio (Foto: Getty Images)

Antes de ter seu posto de campeão tomado por Georges St Pierre, Bisping ainda defendeu seu cinturão na revanche contra Dan Henderson, por quem já havia sido nocauteado há alguns anos antes. Bisping encerra ainda a carreira com recordes expressivos dentro do UFC. É o lutador com maior número de vitórias (20, ao lado de Cerrone e St Pierre), segundo lutador com mais vitórias no peso-médio (16, atrás apenas de Anderson Silva que tem 17), lutador com maior número de lutas (29, igualado a Jim Miller). É também o terceiro lutador que mais faturou dinheiro até hoje na história do UFC (atrás apenas de Conor McGregor e Anderson Silva).

Bisping saindo do UFC 199 como novo campeão péso-médio (Foto: Reprodução)

“Então, sim, lá vai você. Grande carreira. É isso. Obrigado a todos”, concluiu Bisping em seu podcast ao anunciar sua aposentadoria.

Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai do Marco Antônio, Praticante de muay thai e MMA, Graduando em radialismo, Editor chefe do Nocaute na Rede, Redator nas seções de MMA nacional e internacional, Instrutor de Trânsito.
Sem Comentários

Responder

*

*

15 + quinze =

RELACIONADO POR