Bellator planeja eventos no Brasil e quer Wand vs. Sonnen II em um card

Bellator planeja evento no Brasil e quer revanche entre Chael Sonnen e Wanderlei Silva no card

Scott Coker pretende, ainda em 2017, realizar um evento no Brasil. Ele quer que Wanderlei Silva e Chael Sonnen façam uma REVANCHE aqui, e que se enfrentem primeiro nos EUA
(Foto: Montagem)

O UFC já realizou diversos eventos no Brasil, mas dessa vez é seu concorrente que pretende dar o ar da graça em terras tupiniquins. O CEO do Bellator Scott Coker disse em entrevista ao Combate.com que planeja fazer um evento no país ainda em 2017.

Scott mostrou-se empolgado em realizar eventos no país e que para o primeiro card, gostaria de ter Chael Sonnen vs. Wanderlei Silva em uma revanche. Os dois se enfrentarão no dia 24 de Junho em Nova Iorque, no Madison Square Garden pelo Bellator 180, mas Scott já pensa em uma revanche.

“Temos planos de ir para o Brasil. Vamos esperar para ver o que acontece na luta entre Chael Sonnen e Wanderlei no dia 24 de junho, no Madison Square Garden. Dependendo da luta, se for boa, talvez façamos a revanche no Brasil mais tarde no ano.”

(Scott Coker ao Combate.com)

Scott Coker, presidente/CEO do Bellator (Foto: Ivan Raupp / Reprodução)

Mas o plano de abrangência do Bellator, no que diz respeito ao Brasil, não para por aí. O Brasil seria o primeiro país da América Latina a receber a organização e a idéia de Coker é explorar isso, pois três campeões do Bellator são brasileiros (Dudu Dantas dos galos, Douglas Lima dos meio-médios e Rafael Carvalho dos médios).

Coker acredita que a presença de Wanderlei e Sonnen no Brasil será de excelente publicidade para o Bellator e que ajudaria a promover atletas brasileiros populares no Bellator como os irmãos Patrício e Patricky Freire, Goiti Yamauchi e Chinzo Machida, além de abrir espaço para eventos com lendas estrangeiras como Fedor Emelianenko.

“O Brasil é uma fábrica de lutadores. É inacreditável como o Brasil consegue desde os tempos de Royce Gracie, em 1993, e depois Vitor Belfort, Wanderlei Silva. É uma fábrica de lutadores há muitos anos. Existem muitos talentos no país. vamos encarar: o Brasil criou o MMA, levou para os EUA, e tem sido divertido de ver, tanto estando do lado de fora como de dentro. Quando eu penso em MMA, penso no Brasil.”

(Scott Coker)

IBlackbelt
Categorias
BellatorLutasMMAMMA Internacional

Paulistano, São Paulino, baterista, perito em TI, fanático por lutas e viciado em games. Colunista e redator Nocaute Na Rede.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    RELACIONADO POR