Eryk Anders minimiza duelo com Lyoto Machida: "Ele é só mais um" | Nocaute na Rede

Eryk Anders minimiza duelo com Lyoto Machida: “Ele é só mais um”

Ambos fazem a luta principal do UFC Belém
Eryk Anders / Foto: UFC Jeff Bottari/Zuffa LLC

Desde que chegou ao Ultimate, Eryk Anders coleciona duas vitórias em duas lutas. Mesmo com esse bom inicio na organização, o norte americano terá o maior desafio da carreia no sábado, quando enfrentará Lyoto Machida.

Apesar de saber que irá bater de frente com um ex campeão da organização, o norte americano não parece estar tão preocupado. Em entrevista ao site MMAJunkie, Anders afirmou que não se sente pressionado por ter que enfrentar Lyoto, e garante que continuará subindo no ranking dos pesos médios.

“Era isso que eu queria. Esse é o próximo passo. É mais um degrau na escada. Então não penso muito ou coloco muita pressão nessa luta. Ele é apenas o próximo cara que eu vou enfrentar. Não estou animado ou bobo por enfrentá-lo. Tenho que chegar lá, cuidar dos negócios e continuar subindo a escada do peso médio”, comentou Anders, que garantiu que não está treinando algo específico para Lyoto.

“Para mim, é o Lyoto que precisa fazer uma preparação específica para me enfrentar. Eu acho que a minha pressão vai vencê-lo. Não irei dar espaço para ele fazer o que faz muito bem, soltar os seus chutes. E explodir com aquela mão esquerda. Na minha opinião, eu sou o problema desta luta”, completou.

Tradução: Superlutas

UFC Belém
3 de fevereiro de 2018, no Pará (BRA)
CARD PRINCIPAL (1h, no horário de Brasília):
Peso-médio: Lyoto Machida x Eryk Anders
Peso-galo: John Dodson x Pedro Munhoz
Peso-mosca: Valentina Shevchenko x Priscila Pedrita
Peso-leve: Michel Trator x Desmond Green
Peso-pesado: Timothy Johnson x Marcelo Golm
Peso-médio: Thiago Marreta x Anthony Smith
CARD PRELIMINAR (22h, no horário de Brasília):
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Tim Means
Peso-leve: Alan Nuguette x Damir Hadzovic
Peso-galo: Douglas D’Silva x Marlon Vera
Peso-galo: Iuri Marajó x Joe Soto
Peso-mosca: Deiveson Figueiredo x Joseph Morales
Peso-palha: Polyana Viana x Maia Stevenson

Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Douglas Barcellos, gaúcho de Guaiba/RS.
Um Comentário
  • fabio
    1 fevereiro 2018 at 02:20
    Responder

    Card mea boca. O UFC continua desrespeitando o público brasileiros, com lutas modestas e preços exagerados.

  • Responder

    *

    *

    seis − 3 =

    RELACIONADO POR