Há 7 anos, Chuck Liddell se despedia do MMA

Com um estilo agressivo e matador, Chuck ‘The Iceman‘ Liddell se tornou um dos lutadores preferidos pelo público fã de MMA. Ontem, 12, completou 7 anos que infelizmente essa...
(Foto: Reprodução)

Com um estilo agressivo e matador, Chuck ‘The Iceman‘ Liddell se tornou um dos lutadores preferidos pelo público fã de MMA. Ontem, 12, completou 7 anos que infelizmente essa lenda deixou as competições de ‘mixed martial arts’.

Iniciou a carreira com duas vitórias, e na sequência conheceu sua primeira derrota. Após ser finalizado por Jeremy Horn, engrenou uma sequência de 10 vitórias consecutivas, incluindo Jeff Monson, que viria alguns anos depois a disputar o cinturão peso pesado do UFC, nocauteando Kevin Randleman, que havia acabado de perder o cinturão peso pesado do UFC, Murilo Bustamante, que cerca de 1 ano depois viria a se tornar o campeão peso médio, e Vitor Belfort, que tempos depois viria a se tornar campeão meio pesado. Graças a essa bela sequência, conseguiu a oportunidade de disputar o cinturão interino contra Randy Couture. Acabou conhecendo sua 2ª derrota na carreira. Liddell fora nocauteado pelo ‘The Natural’.

Na sequência, Liddell foi numa competição no Pride, representando o UFC. Venceu Alistair Overeem, e na semi final do torneio fora nocauteado por Rampage Jackson, retornando assim para o Ultimate.

Foi aí então que se iniciou a melhor fase da carreira do lutador. Engrenou uma sequência com 7 vitórias consecutivas, todas por nocaute, sendo duas vezes sobre seu último algoz no Ultimate, Randy Couture, e mais duas sobre seu arqui-inimigo Tito Ortiz. Conquistou ainda o cinturão meio pesado da Organização e o defendeu por 4 vezes, até ser novamente derrotado por Rampage Jackson, dessa vez no UFC, perdendo assim seu posto de campeão.

A derrota para Rampage fora o início da decadência. Na sequência fora derrotado por Keith Jardine. Contra Wanderlei Silva, no UFC 79, conseguiu uma sobrevida, saindo vitorioso numa batalha agressiva e sangrenta, premiada como a melhor luta do ano. Essa fora a última vitória da bela carreira de ‘the iceman’. Lutou ainda mais 3 vezes antes de anunciar aposentadoria, e acabara sendo nocauteado em todas (Rashad Evans, Maurício Shogun e Rich Franklin). No UFC 115, em 12 de junho de 2010, foi a última vez que estivera em combate.

Chuck ‘The Iceman‘ Liddell tem tem hoje 47 anos e um cartel com 29 lutas, 21 vitórias (13 nocautes, 1 finalização e 7 por decisão) e 8 derrotas (6 nocautes, 1 finalização e 1 por decisão). Liddell é considerado uma das grandes lendas do MMA. A Zuffa, empresa que controlava o UFC anteriormente, nunca escondeu o tamanho da admiração que tinha pelo lutador. Talvez porque num grande momento de dificuldade que o UFC viveu e que poderia ter chegado à falência, Liddell foi o astro que não abandonou o Ultimate e partiu rumo ao Pride, na época o maior evento do mundo e onde os grandes lutadores gostariam de estar. Hoje, Chuck é membro do Hall da Fama da Organização. Boatos recente ligaram um alerta de que ele poderá estar retornando aos combates. Aguardemos sobre maiores informações.

Assista o player abaixo e confira alguns dos melhores momentos da brilhante carreira de Chuck ‘The Iceman’ Liddell:

Categorias
EspeciaisLutasMMA InternacionalUFC

Pai do Marco Antônio, praticante de muay thai e MMA, editor chefe do Nocaute na Rede, redator nas seções de MMA nacional e internacional, Instrutor de Trânsito.
Sem Comentários

Responder

*

*

RELACIONADO POR