Campeões do UFC | Nocaute na Rede

Campeões do UFC

Confira quais são os atuais campeões do UFC

Saiba quem são os atuais campeões do Ultimate de todas as categorias. Aqui você vai encontrar tudo sobre cada lutador que está com seu cinturão sendo cobiçado por todos. Cada detentor de cinturão terá seu perfil nessa página do Nocaute na Rede

Vai Correr ou Vai Encarar ?

CATEGORIAS:

PESO MOSCA (52 a 56 kg)

 

  Demetrious  Johnson – Johnson foi o primeiro campeão peso mosca da história do UFC, e já mostra uma certa dominância na categoria. Johnson é um dos lutadores mais rápidos do UFC e com sua velocidade acima da média, já igualou Anderson Silva no recorde de defesas de cinturão e terá a chance no UFC 216 de se tornar o maior defensor de título que o UFC já viu. Clique aqui!

 

 

PESO GALO (56 a 61 kg)

 

  T.J. Dillashaw – O americano de 31 anos que já havia sido campeão dos galos anteriormente, voltou a ser o detentor do cinturão após nocautear o seu compatriota Cody Garbrandt no UFC 217. T.J deverá defender o cinturão em 2018.  Clique aqui!

 

 

PESO PENA (61 a 66 kg)

MAX HOLLOWAY 

Max Holloway – O americano de 25 anos começou nos duro caminho das artes marciais mistas em 2010. A estreia no UFC aconteceu dois anos depois, com derrota para Dustin Poirier, no UFC 143. A última derrota foi para Conor McGregor em 2013. De lá pra cá foram 10 triunfos que culminou na disputa do título linear da categoria contra o brasileiro José Aldo. No terceiro round, o americano surpreendeu o brasileiro com uma sequência de golpes e venceu por nocaute, obtendo a sua 11ª vitória consecutiva e o título linear da categoria dos penas. Enfrentará mais uma vez o brasileiro José Aldo no UFC 218. Clique aqui!

 

 

PESO LEVE (66 a 70 kg)

Conor McGregor (Foto: UFC/Divulgação)

Conor McGregror – Após calar o mundo vencendo José Aldo, Conor se arriscou duas categorias acima, mas se marcou na história do MMA na categoria dos Leves. Venceu Eddie Alvarez e se tornou o primeiro lutador da história do UFC a ter dois cinturões simultaneamente. Em 26 de agosto desse ano, após muitas provocações e boatos, McGregor subiu ao ringue para enfrentar a lenda do Boxe Floyd Mayweather. O irlandês foi nocauteado no 10º round, mas enchendo o bolso com mais de 30 milhões de reais. Clique aqui!

 

 

PESO MEIO MÉDIO (70 a 77 kg)

Tyron Woodley com seu cinturão (Foto: UFC/Divulgação)

Tyron Woodley – Mesmo parado há dezoito meses, o americano de 34 anos, surpreendeu a todos ao nocautear e conquistar o cinturão do brutal Robbie Lawler. Oriundo do Wrestler, Woodley não tomou conhecimento do campeão e o venceu ainda no primeiro round. Após a conquista do cinturão, Tyron Woodley defendeu a cinta em três oportunidade, sendo a última defesa contra o brasileiro Damian Maia, do qual saiu vencedor por decisão unânime no UFC 214. Clique aqui!

PESO MÉDIO (77 a 84 kg)

Robert Whittaker – Conquistado o cinturão interino da categoria após vencer Yoel Romero, o neozelandês      Robert Whittaker é o atual detentor do cinturão linear da categoria dos médios, após George St.Pierre, que conquistou o título dos médios após derrotar Michael Bisping, abdicar do cinturão para tratamento médico. Profissional desde 2009, Whittaker desponta como um dos lutadores mais talentosos atualmente no UFC, tendo como destaque a sua trocação, defesas de quedas, velocidade bem acima da média de lutadores com até 84 Kg, e a sua incrível precisão nos golpes. Atualmente, espera fazer sua primeira defesa de título contra o ex-campeão da categoria, o americano Luke Rockhold,  Clique aqui!

 

PESO MEIO PESADO (84 a 93 kg)

Daniel Cormier (Foto: UFC/Divulgação)

Daniel Cormier – Americano, lutador de MMA profissional desde 2009, teve sua primeira chance ao cinturão no início de 2015 sendo derrotado por Jon Jones. Após a saída do ex-campeão, Cormier teve mais um chance e depois de vencer e se tornar o campeão em cima de Anthony Johnson, Cormier ainda o defendeu contra Gustafson em uma luta emocionante. Após enfrentar Anderson Silva em luta no pesa casado e defender mais uma vez o cinturão contra Anthony Johnson. Cormier subiu ao octógono contra Jon Jones no UFC 214. O campeão perdeu mais uma vez para Jones e viu seu rival levar o cinturão embora. Mas Jones foi pego mais uma vez no antidoping e Cormier voltou a ser o atual campeão dos meio-pesados. DC enfrenta o suiço Volkan Oezdemir no UFC 220Clique aqui!

 

 

PESO PESADO (93 a 120 kg) 

Stipe Miocic – De bombeio em Ohio, EUA, a campeão mundial dos pesados do UFC. Com um cartel de dezessete vitórias e duas derrotas, Miocic vai para a sua terceira defesa de cinturão em outubro desse ano.    Clique aqui!

 

 

PESO PENA FEMININO (61,2 a 67 kg)

Cris Cyborg Devido à constante recusa da holandesa Germaine de Randamie em defender seu título contra a brasileira Cris Cyborg, o UFC destituiu a então campeã da categoria e transformou o cinturão em vago. Cris Cyborg e a americana Tonya Evinger fizeram a luta pelo cinturão no UFC 214, que corou a brasileira como campeão da categorias pena feminino. A brasileira coloca seu título em jogo no UFC 219, contra a americana Holly Holm. Clique aqui!

 

 

PESO GALO FEMININO (58 a 61 kg)

NUNES_AMANDA_BELTAmanda Nunes – Com 28 anos de idade, a baiana de Salvador, se tornou a primeira brasileira campeã do UFC. Dona de uma mão pesada, nossa “leoa” como também é conhecida a mais nova dona do cinturão, não deu chances a Miesha Tate e depois de boa sequência de golpes, finalizou a americana, cumprindo promessa feita à sua família. Na sua primeira defesa de cinturão, Amanda enfrentou a ex-campeã Ronda Rousey e não deu a mínima chance para a lenda entre as mulheres, vencendo por nocaute em menos de um minuto de luta. No UFC 215, Amanda lutou bem e manteve o título após vencer por decisão unânime a quirguistanesa Valentina Shevchenko. Clique aqui!

 

 

PESO PALHA FEMININO (até 52 kg)

Rose Namajunas  – A nova campeã dos palhas femininos chocou o mundo da luta ao nocautear, a agora ex-campeã, Joanna Jedrzejczyk no UFC 217. A americana de 25 anos possui um cartel de sete vitórias e três derrotas nas Artes Marciais Mistas e promete defender com unhas e dentes o cinturão recém-adquirido. Namajunas, inclusive, já acenou positivamente sobre um rematch contra a polonesa Joanna Jedrzejczyk. Clique aqui!

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Atualizado por Albert Domiciano

Um Comentário
  • José Aldo inaugura projeto social no Complexo da Maré | Nocaute na Rede
    28 maio 2015at 22:22
    Responder

    […] Campeões do UFC […]

  • Responder

    *

    *