Médios – (77 a 84 kg) | Nocaute na Rede

Médios – (77 a 84 kg)

              ROBERT WHITTAKER

Robert Whittaker

Nascido no Nova Zelândia em 20 de dezembro de 1990, Robert Whittaker é rofissional desde 2009, Whittaker marcou seu nome em promoções da Austrália e Ásia.

The Ultimate Fighter

Robert Whittaker foi selecionado para pariticipar do The Ultimate Fighter: The Smashes; primeiro que apresentou lutadores da Austrália contra lutadores do Reino Unido.

Na sua primeira luta, Whittaker enfrentou Luke Newman. Aos 19 segundos do primeiro round, Whittaker lançou um soco certeiro no queixo de Newman, nocauteando-o e deixando-o desacordado por minutos. A vitória o colocou na semi-final. O nocaute de Whittaker garantiu um prêmio de $25,000 pelo Nocaute da Temporada.

Na semifinal, Whittaker enfrentou o lutador substituto e companheiro de equipe, Xavier Lucas. Whittaker venceu por Nocaute aos 1:17 do primeiro round. A vitória garantiu a Whittaker uma vaga na final da competição, ocorrida no UFC on FX: Sotiropoulos vs. Pearson. Contra o membro da Equipe do Reino Unido Brad Scott.

UFC

Whittaker fez sua estréia no UFC em 15 de Dezembro de 2012 no UFC on FX: Sotiropoulos vs. Pearson também conhecido como “The Ultimate Fighter: The Smashes Finale”. Ele enfrentou Brad Scott para determinar o vencedor dos Meio Médios do The Ultimate Fighter: The Smashes. Whittaker venceu por Decisão Unânime e se tornou o primeiro campeão do The Ultimate Fighter: The Smashes junto com Norman Parke, que foi o vencedor do reality na divisão dos Leves.

Enfrentou Colton Smith, vencedor do The Ultimate Fighter 16 em 25 de Maio de 2013 no UFC 160. Whittaker venceu por Nocaute Técnico no terceiro round.

Robert Whittaker enfrentou Court McGee em 28 de Agosto de 2013 no UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann II e perdeu por decisão dividida.

Ainda enfrentaria Brian Melancon em 7 de Dezembro de 2013 no UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão. Porém, Melancon teve pedras no rins e se aposentou do MMA, Whittaker foi retirado do card.

Whittaker enfrentou Stephen Thompson em 22 de Fevereiro de 2014 no UFC 170 e foi nocauteado pela primeira vez em sua carreira profissional no MMA, o nocaute ocorreu ainda no primeiro round.

Ele enfrentou Mike Rhodes em 28 de Junho de 2014 no UFC Fight Night: Te-Huna vs. Marquardt, na Nova Zelândia e venceu por decisão unânime.

Whittaker enfrentou Clint Hester em uma luta de médios em 7 de Novembro de 2014 no UFC Fight Night: Rockhold vs. Bisping. Whittaker venceu por nocaute técnico no segundo round.

Whittaker enfrentou Brad Tavares em 9 de Maio de 2015 no UFC Fight Night: Miocic vs. Hunt e o derrotou por nocaute em menos de um minuto de luta.

Whittaker era esperado para enfrentar Michael Bisping em 14 de Novembro de 2015 no UFC 193. No entanto, uma lesão tirou Bisping da luta e ele foi substituído por Uriah Hall. Whittaker venceu a luta por decisão unânime.

Whittaker enfrentou Rafael Natal em 23 de Abril de 2016 no UFC 197 e o derrotou por decisão unânime.

Whittaker nocauteou o brasileiro Ronaldo Souza no dia 15 de abril de 2017 no UFC on Fox 24, aos 3:28 do segundo round faturando o prêmio de Performance da Noite.

Cinturão dos médios interino e linear

Robert Whittaker venceu Yoel Romero por decisão unânime na luta principal do UFC 213, em Las Vegas, no dia oito de julho de 2017. A luta valeu o cinturão interino dos pesos médios.

pós Michael Bisping perder o cinturão linear para Georges St. Pierre no UFC 217, o lutador canadense foi diagnosticado com colite. Desta forma, St Pierre decidiu abdicar do cinturão linear. Sendo assim, Whittaker assumiu o posto de campeão linear do peso médio do UFC no dia 7 de dezembro de 2017.

 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: http://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: http://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Jefferson Oliva.

Sem Comentários

Responder

*

*

três × 1 =