UFC 222: Cris Cyborg é franca favorita contra novata russa, Yana Kunitskaya | Nocaute na Rede

UFC 222: Cris Cyborg é franca favorita contra novata russa, Yana Kunitskaya

O sábado (03 de março) promete ser mais um daqueles que deixa os fãs do MMA muito animados. Não poderia ser diferente, já que a brasileira e atual campeã...
ufc-222-min

O sábado (03 de março) promete ser mais um daqueles que deixa os fãs do MMA muito animados. Não poderia ser diferente, já que a brasileira e atual campeã do peso-pena (até 65,7kg), Cris Cyborg, entrará mais uma vez no octógono mais famoso do mundo a fim de dar mais um show. O UFC 222 começa a partir das 20h30 (horário de Brasília) com as lutas do card preliminar. No total serão 12 confrontos.

O Oddsshark.com preparou um tutorial especial para você ficar por dentro das melhores formas para apostar no MMA e, dessa vez, traz as cotas e análises completas para você acertar em cheio e lucrar muito no mundo dos investimentos esportivos. Confira!

(R$1.06) Cris Cyborg x Yana Kunitskaya (R$9,50)

Cyborg é, provavelmente, a lutadora mais temida do mundo, e quem terá a missão de fazer a brasileira conhecer sua segunda derrota na carreira é a russa Yana Kunitskaya. A missão dela não será nada fácil, e as cotas também indicam isso.

Novata no UFC, a russa tem 13 lutas em seu cartel, sendo 10 vitórias e três derrotas. Sempre lutando em eventos menores, nunca enfrentou uma adversária do calibre da brasileira. Seu estilo é voltado para a luta em pé e tem o taekwondo como principal arma. No entanto, ela também tem uma boa técnica no chão.

A atual campeã está invicta desde novembro de 2005. Aliás, sua única derrota na carreira foi logo na sua primeira luta. De lá pra cá são 20 lutas, 19 vitórias (sendo 16 por nocaute) e um no contest (“sem resultado”, em tradução livre).

Analisando todo o contexto da luta da noite fica fácil entender porque Cyborg é a grande favorita, segundo o Oddsshark.com. Mais experiente, avassaladora, forte e imponente, apostar na derrota da brasileira é sinal de que você é realmente muito ousado. Claro que no MMA tudo pode acontecer sempre, entretanto, temos que analisar friamente as oportunidades para lucrar. Definitivamente, essa não é uma boa hora de você pensar em lucro.

Palpite: vitória de Cris Cyborg

cris-cyborg-vs-yana-kunitskaya-ufc-222-min

(R$1,54) Frankie Edgar x Brian Ortega (R$2,50)

Cyborg faz a luta principal da noite porque o confronto entre Max Holloway e Frankie Edgar pelo peso-pena precisou ser adiando por causa de uma contusão do atual campeão. Com isso, o baixinho aceitou cair para a segunda principal luta e, mais do que isso, topou o desafio de pegar um casca grossa pela frente: Brian Ortega.

Aliás, temos que exaltar a coragem de Brian também, já que não é nada fácil vermos lutadores nos dias atuais topando embates de tão alto nível assim com tão pouco tempo de preparação. Fato é que essa luta tem tudo para ser de altíssimo nível e, principalmente, muito equilibrada.

Sem lutar desde maio de 2017, Frankie pode sofrer com a falta de ritmo de luta e a desvantagem no tamanho. Porém, tem dois trunfos a seu favor: a experiência e o pouco tempo de preparação do adversário. As cotas indicam leve favoritismo dele muito por causa desses dois fatores.

Ortega é um cara osso duro de roer, no bom português. Em sua carreira ele soma 13 vitórias em 14 oportunidades (sete por finalização, duas por nocaute e quatro por decisão). Engana-se quem acha que ele sabe o que é perder. O único resultado que não foi positivo aconteceu em julho de 2014, quando a luta terminou sem resultado.

Entretanto, o representante da Black House passou muito sufoco nos seus últimos cinco embates, quando conseguiu tirar uma carta da manha e sair com o triunfo. Essa é uma virtude de Brian e pode ser muito bem explorada diante de Frankie.

A verdade é que esse encontro de baixinhos tem tudo para a ser a melhor luta da noite, já que também é a mais técnica delas. Acho difícil que termine com algum atleta nocauteado e vou ser ousado e contrariar as cotas palpitando vitória de Brian Ortega.

(R$1,54) Stefan Struve x Andrei Arlovski (R$2,50)

No peso-pesado (até 120kg), o holandês Stefan Struve encara o bielorrusso Andrei Arlowski. Este confronto pode definir o fim da linha no UFC para um dos atletas. A luta tem tudo para ser sem muita movimentação e com provável nocaute, haja vista que ambos têm queixo de vidro.

Arlovski é mais técnico e tem mais punch, além de ser mais experiente. Aliás, ele já foi campeão da categoria lá atrás, em 2005. Struve é um atleta de 2,13m de altura e 2,15m de envergadura que simplesmente não sabe utilizar essa vantagem para manter a distância. Apesar de ter boas vitórias na carreira, como quando bateu Stipe Miocic, atual campeão, em 2012.

Apesar de ser de uma escola famosa pelo kickboxing (a Holanda), Struve tem 17 vitórias em seu cartel que foram por finalização contra oito por nocaute. Andrei é muito forte e tem uma mão muito pesada, conquistando 17 das suas 26 vitórias por nocaute.

Meu palpite é de vitória por nocaute de Arlovski.

Brasileiros no octógono

Além de Cyborg, o Brasil contará ainda com Ketlen Vieira e Pedro Munhoz no UFC 222, ambos pelo peso-galo. A brasileira carrega o favoritismo diante de Cat Zingano, ao passo que Munhoz é considerado azarão na luta contra John Dodson.

Existe outra representante brasileira na noite, porém essa também é norte-americana. Trata-se da faixa preta e campeã mundial de jiu-jitsu, Mackenzie Dern, que estreia no melhor evento de MMA do mundo.

Ketlen tem nove lutas na carreira e 100% de aproveitamento. Atleta da Nova União, a mesma dos ex-campeões José Aldo e Renan Barão, a jovem de 26 anos é afiadíssima no chão e tem melhorado seu muay-thai. No entanto, a luta em pé não é uma boa opção diante de Zingano, que bate pesado e trabalha muito bem no clinch.

O caminho para a brasileira é trabalhar o jogo em pé, ditar o ritmo para cansar a adversária e, então, levar para o chão. Acredito que Dedé Pederneiras trabalhou isso com Vieira e ela sairá com a vitória. No Oddsshark.com o triunfo de Ketlen está rendendo R$1,62 contra R$2,30.

Dodson e Munhoz tinham tudo para ocupar o card principal no lugar, por exemplo, de O’Malley x Soukhamthath. Talvez por represália a Munhoz, que não bateu o peso no UFC Belém quando também enfrentaria John, o evento jogou o confronto para a metade do card preliminar do UFC 222. Uma pena, de fato, pois o nível técnico de ambos é digno de uma grande luta.

O brasileiro vem de quatro vitórias seguidas, enquanto que o norte-americano perdeu três das suas últimas cinco lutas. Porém, apesar de confiar em Munhoz e achar que ele tem totais condições de vencer, acho que Dodson leva vantagem técnica e isso explica o favoritismo nas cotas: R$1,59 x R$2,40. Meu palpite é de vitória do gringo.

Cotas UFC 222 (03 de março)

(R$1,06) Cris Cyborg x Yana Kunitskaya (R$9,50) – Palpite: vitória da Cyborg

(R$1,54) Frankie Edgar x Brian Ortega (R$2,50) – Palpite: vitória de Ortega

(R$2,10) Sean O’Malley x Andre Soukhamthath (R$1,72) – Palpite: vitória de O’Malley

(R$1,54) Stefan Struve x Andrei Arlovski (R$2,50) – Palpite: vitória de Arlovski

(R$2,30) Cat Zingano x Ketlen Vieira (R$1,63) – Palpite: vitória de Ketlen

(R$4,25) Ashley Yoder x Mackenzie Dern (R$1,22) – Palpite: vitória de Dern

(R$1,25) Beneil Dariush x Alexander Hernandez (R$4,00) – Palpite: vitória de Dariush

(R$1,59) John Dodson x Pedro Munhoz (R$2,40) – Palpite: vitória de Dodson

(R$2,05) C.B. Dollaway x Hector Lombard (R$1,74) – Palpite: vitória de Dollaway

(R$3,30) Mike Pyle x Zak Ottow (R$1,33) – Palpite: vitória de Ottow

(R$2,30) Bryan Caraway x Cody Stamann (R$1,63) – Palpite: vitória de Stamann

(R$1,33) Jordan Johnson x Adam Milstead (R$3,30) – Palpite: vitória de Johnson

Categorias
EspeciaisLutasMMA InternacionalUFC

Louco por MMA Internacional e Nacional. Owner do Nocaute na Rede e Redator dos sites RSEsporte.com e Torcedores.com."1% de chances SEMPRE confiante"
    Um Comentário
  • edson
    4 março 2018 at 02:16
    Responder

    caracaaa mano vc é zica msm errou somente 2 kkkkkkkk

  • Responder

    *

    *

    quatro × 4 =

    RELACIONADO POR