UFC Fight Night 127 Londres Parte 2: Werdum entra como favorito diante de Volkov | Nocaute na Rede

UFC Fight Night 127 Londres Parte 2: Werdum entra como favorito diante de Volkov

Jimi Manuwa tem duelo complicado contra Jan Blachowicz; Se Manuwa vencer pode vir a ser o desafiante ao cinturão
Fabricio-Werdum
(Foto: Getty Images)

Depois de analisarmos a primeira parte do UFC Fight Night 127, que acontecerá neste sábado (17 de março) na O2 Arena, em Londres, chegou a vez de detalharmos os principais confrontos da noite. No Oddsshark.com as cotas estão indicando favorito para todos os duelos a serem analisados, mas será que é isso mesmo?

O destaque da noite, claro, será o encontro de gigantes: Fabrício Werdum x Alexander Volkov. Os fãs do MMA também precisam ficar de olho na luta entre Jimi Manuwa e Jan Blachowicz. Dependendo do resultado e da maneira como a luta se desenhar, Dana White pode vir a considerar Manuwa como um desafiante ao trono de Daniel Cormier.

Confira nossas análises!

(R$1,53) Fabrício Werdum x Alexander Volkov (R$2,55) – peso-pesado (até 120kg)

O brasileiro Fabrício Werdum é um dos atletas do peso-pesado mais respeitado da história. Considerado por muitos como o melhor lutador no chão da categoria, “Vai Cavalo” costuma se apropriar bastante do jiu-jitsu. Aos 40 anos de idade, ele tem muita experiência e sabe dominar o octógono, porém, ainda sofre quando precisa investir na trocação em pé.

Depois de conquistar o cinturão no UFC 188, em junho de 2015, Werdum perdeu seu posto logo na sua primeira defesa, quase um ano depois. Diante de Stipe Miocic, Fabrício simplesmente não conseguiu impor seu ritmo e em um lance de pura desatenção no boxe, acabou deixando o rosto exposto e sentiu o peso da mão do atual campeão.

Daí em diante ele subiu no octógono mais quatro vezes, ganhando três e perdendo uma. Dono de um cartel com 31 lutas, sendo 23 vitórias, sete derrotas e um no contest (sem resultado), o atleta já bateu vários nomes importantes, tais como: Cain Velasquez, Travis Bowie, Minotauro, Mark Hunt, Roy Nelson e Fedor Emelianenko.

Ocupando hoje a 3ª posição do ranking da categoria, Werdum quer vencer para voltar a ter oportunidade para ganhar o cinturão novamente. Para isso, precisará passar pelo russo Alexander “Drago” Volkov. Apesar de ter 29 anos, o atleta tem mais luta em seu cartel do que o brasileiro. Tudo bem que ele só está no UFC desde novembro de 2016.

Fabrício Werdum vs Alexander Volkov

(Foto: Forbes)

Alexander foi campeão do Bellator e do M-1 Global. Em seu cartel há alguns nomes bem conhecidos do público, mas todos em viés de baixa. Sua última derrota foi para o veterano Cheick Congo, pelo Bellator 139, em junho de 2015. Na principal organização de MMA do mundo, encarou com sucesso Timothy Johnson, Roy Nelson e Stefan Struve. Aliás, o russo venceu seus últimos cinco confrontos. Werdum é, sem dúvidas, o maior desafio da carreira de 35 lutas de Volkov.

No momento, “Drago” está na 8ª posição do peso-pesado e um triunfo diante de um cara com o peso que Werdum tem vai certamente o elevar de patamar. Caso isso ocorra, quem investir no Oddsshark.com vai lucrar R$2,55 para cada real investido nele contra R$1,53 do adversário.

Volkov é um lutador com a mão muito pesada e que tem a trocação afiadíssima. Com 2,00m de altura, o russo utiliza muito bem a sua envergadura e desfere jabs muito fortes. Seu muay-thai é bom e ele combina bastante os movimentos. Isso será um perigo para Fabrício, que costuma ser lento nas esquivas e tem o vício de abaixar a guarda enquanto troca porrada.

Apesar de considerar que Werdum é o favorito por causa da experiência e eficiência, acho que as armas dele são mais previsíveis que as do russo. O caminho das pedras para o triunfo brazuca é encurtar a distância e levar o jogo para o chão. Se Fabrício fizer isso, não tenho dúvidas, terá o braço erguido. Se ele tentar medir forças com Alexander, vai abrir a possibilidade de perder e fazer a alegria de quem vai apostar nisso.

Palpite: vitória de Werdum por finalização

(R$1,44) Jimi Manuwa x Jan Blachowicz (R$2,75) – peso meio-pesado (até 92,9kg)

Esse duelo trata-se de uma revanche. Tendo estreado no UFC em outubro de 2014 com vitória, o polonês Jan Blachowicz voltou ao octógono em abril de 2015, quando perdeu por decisão unânime para Jimi Manuwa. Na ocasião, Jan não conseguiu impor seu ritmo e sofreu nas mãos do inglês.

Com 38 anos e 20 lutas na carreira, Manuwa venceu 17 vezes, sendo 15 por nocaute, uma por finalização e uma por decisão. Seu estilo de luta é muito agressivo e ele adora medir forças na luta em pé. No UFC desde setembro de 2012, o atleta costuma dar show sempre quando é solicitado, mesmo quando perde.

Por exemplo, no evento de número 214, diante de Volkan Oezdemir, Jimi acabou sendo nocauteado logo aos 42 segundos de luta. Depois da luta seguir para o clinch, Volkan foi mais técnico enquanto que Manuwa tentou ir na grosseria. Resultado, um ganho lindo desferido pelo vencedor, que na sequência aplicou mais alguns golpes antes do juiz interferir.

(Foto: Gary A. Vasquez-USA TODAY Sports)

Manuwa é assim, 8 ou 80. Muito forte fisicamente, ele sabe se utilizar dessa arma para se impor diante dos seus adversários. Porém, Blachowicz é mais alto e tem uma boa envergadura, além de ser um especialista no chão. Provavelmente o polonês vai manter a distância para conter o ímpeto do inglês, até que na primeira oportunidade vai tentar colocar a luta para baixo.

No Oddsshark.com a vitória do Manuwa é a que tem a maior probabilidade de acontecer. No entanto, acredito que as cotas deveriam estar mais próximas. O inglês é imprevisível, muito forte e tem uma mão pesadíssima, mas vai enfrentar um cara com característica oposta. Acho que vai vencer quem souber impor melhor seu ritmo, assim como também acho que dificilmente os juízes irão decidir o vencedor.

Por lutar em casa e estar buscando uma revanche contra Alexander Gustafsson ou Volkan Oezdemir, acredito que Jimi Manuwa entrará um pouco mais consciente de que não pode entrar para a luta de qualquer maneira e conseguirá nocautear no momento certo.

Palpite: vitória de Manuwa por nocaute

Cotas para todos os duelos do UFC Fight Night 127

(R$1,53) Fabrício Werdum x Alexander Volkov (R$2,55) – peso-pesado (até 120kg) – Palpite: vitória de Werdum

(R$1,44) Jimi Manuwa x Jan Blachowicz (R$2,75) – peso meio-pesado (até 92,9kg) – Palpite: vitória de Manuwa

(R$1,28) Tom Duquesnoy x Terrion Ware (R$3,70) – peso-galo (até 61,2kg) – Palpite: vitória de Ware**

(R$1,44) Leon Edwards x Peter Sobotta (R$2,75) – peso meio-médio (até 77,1kg) – Palpite: vitória de Edwards

(R$1,80) John Phillips x Charles Byrd (R$1,95) – peso médio (até 83,9kg) – Palpite: vitória de Phillips

(R$1,54) Danny Roberts x Oliver Enkamp (R$2,50) – meio médio (até 77,1kg) – Palpite: vitória de Roberts

(R$1,31) Jack Marshman x Brad Scott (R$3,50) – peso médio (até 83,9kg) – Palpite: vitória de Marshman

(R$3,50) Danny Henry x Hakeen Dawodu (R$1,31) – peso pena (até 65,7kg) – Palpite: vitória de Dawodu

(R$4,50) Paul Craig x Magomed Ankalaev (R$1,20) – meio pesado (até 92,9kg) – Palpite: vitória de Ankalaev

Stevie Ray x Kajan Johnson – peso-leve (até 70,3kg) – Palpite: vitória de Stevie Ray***

Mark Godbeer x Dmitriy Sosnovskiy – peso-pesado (até 120kg) – Palpite: vitória de Godbeer***

Nasrat Haqparast x Nad Narimani – peso-leve (até 70,3kg) – Palpite: vitória de Haqparast***

**Apostei na zebra por ser mais experiente

***Até o fechamento da matéria ainda não havia cotas no Oddsshark.com para essas lutas

Categorias
ApostasEspeciaisLutasMMA InternacionalUFC

Louco por MMA Internacional e Nacional. Owner do Nocaute na Rede e Redator dos sites RSEsporte.com e Torcedores.com."1% de chances SEMPRE confiante"
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    dez + dez =

    RELACIONADO POR