Jornal britânico aponta irregularidades na arbitragem do boxe olímpico.

O jornal "The Guardian" relatou que há corrupção no que se refere à arbitragem no boxe olímpico.
O jornal inglês aponta irregularidades na arbitragem do boxe olímpico (Fonte: olimpiadasdorio2016.com).

Após ser alvo de críticas ferrenhas no que concerne às mudanças nas regras do Boxe Olímpico, a AIBA (Associação de Boxe Amador) teve seu nome envolvido em outra polêmica.

O jornal britânico “The Guardian” relatou um esquema de corrupção envolvendo a arbitragem no Boxe Olímpico onde as pontuações poderiam ser manipuladas.



Segundo o tabloide inglês tal prática pode ser vista desde os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008 e que aumentou sobremaneira na Olimpíada seguinte, realizada em Londres em 2012.

O jornal inglês aponta irregularidades na arbitragem do boxe olímpico (Fonte: olimpiadasdorio2016.com).

O jornal inglês aponta irregularidades na arbitragem do boxe olímpico (Fonte: olimpiadasdorio2016.com).

Uma pessoa de grande influência ligada ao esporte chegou a dizer que um grupo de árbitros chega a se reunir antes de grandes eventos para engendrar o esquema.

As acusações dão conta que a AIBA aceitou um empréstimo do Arzebaijão de U$ 10 milhões com o fito de aprovar a expansão dos eventos WSB (World Series Boxing) e AIBA Professional Boxing objetivando o acesso dos lutadores profissionais nos Jogos Rio/16.

A AIBA esclarece que não está envolvida em nenhuma ilegalidade e ressalta: “Desde junho de 2015, a AIBA realizou grandes mudanças na sua direção para garantir o desenvolvimento a longo prazo do nosso esporte de acordo com as necessidades de nossos parceiros de negócios e de desporto e para os benefícios da comunidade mundial AIBA”.

 



Categorias
Boxe Nacional e InternacionalLutas

Entusiasta da Nobre Arte e do MMA desde tenra idade. Posso me gabar de ter nascido em uma geração que acompanhou as lutas de Mike Tyson, Maguila, Holyfield, Foreman, Roy Jones Jr, Popó, entre outros e de ter acompanhado os primórdios do MMA (antigo Vale Tudo), desde o chute de Gerard Gordeau em Teila Tuli, o massacre que Rickson Gracie promoveu no Japão, até os dias de hoje, com atletas marciais completos como Jon Jones. Nasci em Curitiba, terra da Chute Boxe e de valorosos guerreiros e espero trazer um pouco dessa experiência para os leitores do Nocaute na Rede.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    19 − treze =

    RELACIONADO POR