Ricardo Carcacinha coloca invencibilidade em jogo no Legacy FC 46

Jovem brasileiro sobe de categoria e encara o norte-americano Cody Walker nesta sexta-feira, dia 2 de outubro, nos Estados Unidos; inspiração é em José Aldo para novo triunfo. Desejar...

Jovem brasileiro sobe de categoria e encara o norte-americano Cody Walker nesta sexta-feira, dia 2 de outubro, nos Estados Unidos; inspiração é em José Aldo para novo triunfo.

Desejar por desafios está no interior de cada grande lutador. Com Ricardo Ramos, o Carcacinha, não é diferente. O jovem de apenas 20 anos aceitou mais um duelo na carreira profissional, este em cima da hora, com apenas um mês de antecedência. Nesta sexta-feira, dia 2 de outubro, o brasileiro enfrenta o norte-americano Cody Walker pelo Legacy FC 46, no Texas, Estados Unidos. O embate será válido pela categoria peso-pena (até 66,1kg), um desafio a mais para o representante da Black Sheep MMA, que luta na categoria debaixo, entre os galos (até 61,6kg).

Natural de Campinas, no interior de São Paulo, Ricardo Carcacinha fará a oitava luta de seu cartel até então perfeito. Foram sete lutas e sete vitórias, sendo quatro por finalização, duas por nocaute e uma por pontos. Lutar entre os penas não é novidade para ele, já que disputou dois combates pela divisão de peso. Porém, na estreia internacional, em abril deste ano, pelo Legacy FC 41, Carcacinha lutou pelos galos, sua real categoria, e brilhou. Em apenas 32 segundos, mandou Justin Rader à lona com uma joelhada.

“Eu não gosto de perder muito peso para lutar, então foi ótimo ter esse desafio pelos penas. Estava treinando em bom ritmo, esperando por um chamado do Legacy. Pintou essa luta em cima da hora, na divisão de cima, mas não pensei duas vezes. Lutar nessas condições é sempre desafiador, e é isso que me move. Adoro desafios”, revela o lutador campineiro, que substitui justamente Justin Rader, quem nocauteou no primeiro semestre deste ano.

Ricardo Carcacinha entra em ação pelo Legacy FC 46 (Divulgação/Circuito Talent MMA)

Ricardo Carcacinha entra em ação pelo Legacy FC 46 (Divulgação/Circuito Talent MMA)

Diferente do primeiro compromisso pela organização norte-americana, Carcacinha, agora, terá pela frente um oponente mais alto que ele, dono de uma boa envergadura. São cerca de 10cm de diferença na altura entre eles, mas o brasileiro está preparado para superar mais essa barreira. No alto de seu 1,75m, ele contou com um reforço especial ao longo da preparação para o embate, seu companheiro de equipe Guilherme Carcaça.

“O Carcaça tem quase a mesma altura do Walker, e simulou muito bem o que vimos dele pela internet. Fiz uma boa preparação, mesmo com pouco tempo. A altura dele não será problema. Estou pronto para encurtar a distância e fazer meu jogo, seja de pé ou derrubando. Nossos jogos casam bem. Vou para cima, para frente, procurando as brechas dele para encontrar o caminho para vencer”, explica. 

Para bater Cody Walker, lutador que tem passagem pelo Bellator em seu currículo de cinco vitórias e duas derrotas, Carcacinha treinou sob a batuta de Otávio Carneiro, head coach da equipe Black Sheep MMA, e Marcelo Ferreira, responsável pelo jiu-jitsu do jovem. Os dois treinadores são os fundadores da equipe, que completou um ano de inauguração em julho deste ano.

Lutar na categoria do ídolo inspira Carcacinha

Ricardo Carcacinha iniciou sua trajetória nas artes marciais aos 14 anos de idade, quando ganhou uma bolsa para treinar na academia de jiu-jitsu de Marcelo Ferreira, em Campinas. Atualmente faixa-marrom da modalidade, o jovem se espelha no atual campeão da categoria peso-pena do UFC, José Aldo Jr, para alcançar seus objetivos. Assim como Carcacinha, Aldo iniciou nas artes marciais através da arte suave, mas é também conhecido por seus belos nocautes.

A evolução no jogo em pé, já apresentada em sua última luta, quando nocauteou em pouco mais de 30 segundos de luta, é o principal ponto que Carcacinha foca para seguir o campeão José Aldo. “Muita gente pensa que o Aldo é oriundo do muay thai, mas ele começou no jiu-jitsu e logo se tornou um nocauteador. Quero seguir esses passos, ele é um espelho para mim, me inspiro muito na carreira dele. O Otávio está refinando minha trocação, me sinto mais completo hoje. Se eu tiver a oportunidade, vou nocautear nesta sexta-feira”, avisa.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA Internacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

3 + 8 =

RELACIONADO POR